MENU

Escrito por • 08/11/2013

a escola, no brasil, no séc. XXI

“A escola é um problema complexo demais para ser deixado só para pedagogos”. frase de luciano meira, da psicologia cognitiva da UFPE, falando de educação no brasil, no século XXI,  provocação para um debate que eu e ele fizemos para a rede brasileira prospectiva, que está com o assunto no topo da agenda. de mais de uma forma, um número de agentes essenciais para a educação brasileira está chegando à conclusão que nós chegamos no vídeo abaixo… a de que uma inovação essencial para resolver os nossos profundos problemas educacionais, em todos os níveis, é trazer o tempo para a equação e começar a pensar e agir no muito longo prazo.

a sociedade precisa entender que muitas das coisas que todos queremos da escola e das universidades vão demorar muito tempo para conseguir. temos que começar agora, claro, pois –nesse caso- o tempo começa a ser contado quando se começa a fazer algo. mas não resolveremos nenhum dos grandes problemas da universidade e dos ensinos fundamental e médio em um ou dois mandatos de seja lá quem for e, mesmo no longo prazo, mantendo as estruturas, sistemas e processos que fazem os sistemas, hoje.

e são muitas as mudanças necessárias, desde o regime de incentivos que levou as universidades e seus professores a se tornarem fábricas de papers até a escolha de gestores [reitores, diretores de escolas…] por eleição, como se votos resolvessem tudo, em todos os contextos. veja o vídeo, lembrando que ele é só pra provocar o debate e não um vade mecum para resolver os problemas da educação no brasil.

Artigos relacionados

Comentários estão encerrados.