MENU

Escrito por • 15/06/2012

a ascensão do marketing digital no brasil

não é sempre que o brasil aparece sozinho em qualquer tipo de análise, seja sobre o abstrato [coisas como a web] ou o concreto [como nossos aeroportos]. estando na periferia, pouca gente presta atenção ao que acontece aqui em algum detalhe. dito isto, eMarketer deu destaque, semana passada, aos dados do IAB sobre as diferentes velocidades de crescimento do mercado de anúncios off- e online no brasil em 2011. as pizzas estão abaixo…

Ad Spending in Brazil, Online vs. Offline, 2011 & 2012 (% of total)

…e mostram [lá no relatório] que, para um crescimento do PIB de 2.7% e subida no consumo de 4.1% comparado com  2010, o mercado total de anúncios cresceu 10.6%, chegando a R$30.35B e o de anúncios online cresceu mais que o triplo, ou 37.3%, chegando a R$3.34B no ano passado. em 2011, online já era 13.7% do mercado de publicidade brasileiro.

agora imagine se estas taxas de crescimento se mantêm até 2015, com o mercado total crescendo muito mais que a economia [uns 11% ou mais ao ano] e o online avançando na mesma velocidade em relação ao offline, entre 30-40% ao ano.

se isso acontecer, o mercado total de publicidade no brasil, no ano entre a copa e a olimpíada, será de mais de R$46B, com online de quase R$12B, mais de um quarto do total, quase que dobrando sua participação no mercado de total de anúncios em apenas quatro anos.

impossível? não. já passamos dos 80 milhões online, levando em conta quem tem acesso em casa, trabalho, escola, lanhouse e onde mais puder. dados do ibope, que mostram um crescimento de cerca de 10% ano a ano nos últimos três anos. se a tendência continuar, seremos entre 100 a 120 milhões online em 1015. ou mais.

porque há quem diga que teremos 124 milhões de acessos móveis à internet no país em 2014. dos 39 milhões de celulares 3g e smartphones de hoje, podemos ter mais de 100 milhões lá no mesmo 2015, ou quase. coisa de gente grande. e vai ser um desafio e oportunidades  do tamanho do brasil. que podem muito bem criar um mercado de anúncios online, fixos e móveis, de R$12B em 2015.

falando nisso, cadê seu plano para ter algo a ver com pelo menos 1%, 0.1% disso? arregace as mangas e comece a trabalhar…

{PS: se você tiver interesse, há outros posts recentes deste blog sobre temas relacionados: tente um sobre o espalhamento de boatos em redes sociais, outro sobre as eleições de 2012, nas redes sociais, a discussão de um estudo da mcKinsey sobre digital, social e suas baixas prioridades nas empresas, de outro da IBM sobre  “conectar para liderar” e finalmente, comentários sobre um estudo da ORACLE que trata de "atendimento social". boa leitura…}

Artigos relacionados

Comentários estão encerrados.