MENU

Escrito por • 30/05/2009

bing: muda O QUE no universo de BUSCA?

semana que vem a microsoft lança seu "novo" engenho de buscas, bing, que antes iria se chamar kumo e que, na verdade, é uma combinação do que já estava rolando em live search com tecnologias que a microsoft estava desenvolvendo em casa e outras compradas recentemente [como powerset, por exemplo]. sem falar num redesenho razoável da interface de apresentação e interação.
 
segundo vozes internas da MSFT [don dodge, entre muitos outros] a empresa vai apontar bing para quatro alvos: tomar decisão de compra [e comprar de dentro do próprio bing]; planejar uma viagem [decidindo para onde ir e onde ficar e, a partir daí, como…]; pesquisar uma condição de saúde [e, quem sabe, decidir marcar um médico e comprar um remédio…] e, finalmente, achar um negócio local, perto de onde você está ou mora [e, talvez, decidir fazer alguma coisa a respeito]. tudo, óbvio, centrado no mercado americano, que é o maior do planeta [ainda] e onde a empresa de redmond perde de google por 8 a 1 [isto é, a cada oito buscas feitas em google, uma é feita em live search].
 
a microsoft está dizendo duas coisas básicas sobre bing: 1. ele não é um engenho de busca; ou seja, nada de enfrentar google cara a cara; google é de busca, mas bing é de "decisão": a microsoft propõe que as pessoas usem seu serviço como auxiliar no processo de tomada de decisões [vamos ver se "pega"]; 2. não se espera resultados significativos, no mercado, no curto prazo; estão olhando, segundo steve ballmer, anos à frente.
isso tira a pressão de cima da turma de bing, que de outra forma teria que enfrentar google [o que vai ocorrer, queiram ou não] e mostrar resultados já. no topo disso, acho que o posicionamento de bing, como um sistema de decisão com a ajuda do qual [e de dentro de sua interface, veja o vídeo aqui] as pessoas vão poder tomar decisões de compra e realizá-las… muda o modelo SFO. como assim?
 
SFO é a abreviatura para search [faça uma pergunta], find [encontre o que você quer] e obtain [pegue uma cópia, isntância ou exemplar da coisa pra você] que é, digamos, o modo normal de navegar na rede. se você prestar atenção nos demos de bing [em vídeo, aqui] talvez concorde comigo que uma boa parte do esforço por trás da nova aposta da microsoft é fazer com que o "O" de SFO seja realizado, também, dentro do sistema "de busca". assim, google seria um sistema do tipo SF e bing, SFO; talvez, no começo, com um "o" minúsculo: SFo. com a microsoft participando do processo, mediando as transações e, consequentemente, ganhando dinheiro com isso.
 
pode pegar, pode não. medida de sucesso? se eu estivesse financiando o esforço, iria querer alguma coisa como passar yahoo [que ganha de live search, no mercado americano, por 2.5 x 1] em 18 meses. ainda iria estar perdendo pra google por 3 x 1, mas aí já dava pra pensar em virar o jogo. quarta-feira a gente vai saber que time, mesmo, tá entrando em campo e em que condições. em qualquer caso, no começo da partida, eu não esperaria muita precisão e cobertura nos resultados, para conteúdo em português, localizado no brasil. mas tomara que eu esteja errado. na quarta a gente vai saber.

 

Artigos relacionados

0 Responses to bing: muda O QUE no universo de BUSCA?

  1. Edson disse:

    É sempre válido ideias para melhorar, más a microsoft esquece que se for a longo prazo nada vai impedir a google de transformar sua ferramenta de busca em um sistema com os mesmos moldes do bing e com a vantagem de ser lider mundial e imbatível no assunto de busca.

  2. Marcos disse:

    Se for, de fato, muito bom, que bom. Mas que nome… bing…!!?!

  3. jarbas disse:

    O nome deve ser porque em igles quase se acha algo que estava procurando é comum dizer “Bingo” como no jogo
    talvez kumo (que é abrevacao de c’mon= vamos lá) seria muito americanao

  4. Hélio disse:

    “engenho de busca”?

    Ou esse texto foi traduzido por algum dos muitos mecanismos de tradução automática disponíveis por ai, ou vc não faz a minima idéia do que esta falando.

    O conteúdo é bom, mas mutio difícil de ler e compreender o que realmente você esta tentando passar ….

    Abs

  5. luka.san disse:

    o nome é de Bill Gates bi ´n g….

  6. Fernando disse:

    “Engenho de Buscas”??? isso é mais um daqueles termos que temos de engolir? Até entendo não usar “search engine”. Mas transformar isso em “engenho” já é demais. Algumas pessoas insistem em criar termos ridículos em português para as palavras utilizadas na TI. Se “mecanismo de busca” não serve, tente “ferramenta de buscas”, “buscador”. Se a existência de palavras em inglês lhe incomoda, procure outra área.

  7. Luciano disse:

    O nome BING nao seria um trocadilho com a palavra BEING, que Ingles significa EXISTENCIA, VIDA, ESSENCIA… ????
    Ex. Human being..ser humano

  8. Ricardo disse:

    Tomara que não verbalize, senão será comum termos como “dá uma bingada”, “dá uma bingada na Luana Piovani”…

  9. Pauloso disse:

    Bing Bang:

    1) Pessimo nome MS…. Em chines, dependendo do acento no i, bing significa Adoecer, gelo, tropa ou adverbio aumentativo para frases negativas.

    2) Um dos concorrentes no fundo é a AOL que faz mais dinheiro com search nos US que o Google. Outro concorrente….. Amazon.

    3) Enquanto o mundo vai para SOCIAL (vide chacha.com com busca colaborativa, baidu e o proprio google) a MS lança um negócio que tem cara de PORTAL ???

    4) Será que vai ter versão mobile home default para aparelhos Win Mobile ?

    Yes, bing is indeed a word. It means :A heap or pile; as; a bing of wood. “Potato bings”. Need more information? Thanks,ChaCha!

    abs.
    Pauloso
    blog.paulohenrique.com
    twitter.com/pauloso

  10. O pessoal tá dizendo q BING=But It´s Not Google.

    Acho q por melhor q seja a tecnologia, a estratégia de produto começa errada. A MS quer oferecer um produto enfiando muitas funcionalidades, oq sempre vai ter um custo na engenharia da usabilidade do site (e q na Internet pode ser fatal) e jogar o custo da brincadeira muito pra cima. E no final eles acabam com um site q é concorrente do Buscapé ao invpes de um Google.

  11. Haroldo P. Barboza disse:

    Alo amigo!

    Seja no Google, youtube ou similares, vejo uma dificuldade (se é que não estou sabendo utilizar) que nos incomoda bastante.
    Faço uma busca.
    Surgem 900 registros (em média, 10 por “página”.)
    Vou paginando da 1 até 18, por exemplo.
    Encerro naquele dia.
    No dia seguinte, pretendo recomeçar da página 19 em diante.
    Surge na tela as páginas: 1, 2, 3, 4, 5 , 6, 7, 8,… próxima (ou : Mais).
    Tenho de clicar na última visível para que surjam novas 3 ou 4 “páginas”.
    E assim vou até que enxergo o número 19.
    No dia seguinte, imagine percorrer esta via crucis até chegar ao 32!

    Gostaria de ter um meio de indicar logo o número 19 (ou qualquer outro) para iniciar a pesquisa dali em diante.

    Existe uma forma de se fazer isto? Ou dependemos de um aprimoramento de quem fornece tal ferramenta?

    Haroldo P. Barboza – Vila Isabel/RJ
    Se você puder me ensinar, paute com o assunto: PULE PARA 19!
    Agradeço a ajuda.

  12. Fred disse:

    @Marcos: bing é uma variedade de cereja, natural do estado de Washington, onde fica situada a Microsoft

    @jarbas: kumo significa nuvem em japonês, relacionado a cloud-computing ou computação na nuvem (nuvem == internet)