MENU

Escrito por • 11/06/2009

CEOs must be… DESIGNERS!

o texto que segue este parágrafo foi originalmente publicado há dois anos no meu “velho” blog, que ainda está no ar. mas tenho encontrado com tanta gente que está preocupada com este assunto que resolvi republicá-lo aqui, abaixo, na íntegra, sem nenhuma modificação. todas as palavras ainda estão no lugar. e a palestra de nussbaum, de 2007, ainda é perfeita. vá ver.

bruce nussbaum, na business week desde 1977 [ano em que me graduei…] é um dos principais jornalistas americanos na advocacia de design como um meio essencial dos negócios. segundo ele, pra entender isso é so pensar steve jobs e conectar com o iphone. nenhuma outra empresa, hoje, conseguiria o feito que se conseguiu com o iphone: 100 mil celulares por dia na primeira semana. e muitos mais no porvir. e olha que há anti-clones [coisas que já existiam, antes] do iphone, aos montes. mas ninguém, nos outros fabricantes, nenhum visionário, líder, polêmico e maverick, com quem seus compradores e usuários se relacionem na intensidade em que isso acontece com jobs.

vá ler, com atenção, a palestra que nussbaum deu, recentemente, em londres, o centro do mundo segundo ele próprio, no royal college of art. uma pérola. eu assino quase cada parágrafo dela… como este aqui: Innovation is no longer just about new technology per se. It is about new models of organization. Design is no longer just about form anymore but is a method of thinking that can let you to see around corners. And the high tech breakthroughs that do count today are not about speed and performance but about collaboration, conversation and co-creation.

não perca. valerá cada pequeno grande segundo do tempo que você dedicar à leitura e reflexão… there is Design as Peter Drucker or Design as Management Methodology. Design is popular today also because Design Thinking—the methodology of design taken out of the small industrial design context and applied to business and social process…

e se você tem ou está montando um negócio de TICs, talvez deva [se chegou até aqui] voltar e ler a palestra de nussbaum todinha [de novo], se perguntando a cada trecho como você pode ser o designer dos desejos de seus clientes, sejam eles gente ou empresas. isso pode ser fundamental pro seu negócio sobreviver…

Artigos relacionados

0 Responses to CEOs must be… DESIGNERS!

  1. funcionario seu disse:

    Engraçado.. defende isso no blog, mas na prática, age com o velhos hábitos arcaicos.

    Vergonhoso, Sr. Meira.

  2. Geber disse:

    o problema continua atual. o driver de Jobs sempre foi a “experiência do usuario”. mas como as maiorias das empresas de TIC no Brasil não fazem nenhum produto, só serviço, não pensam no usuário. além disso, quando falam em designer, pensam em artístas gráficos, quando não no “pessoal que faz as telas bonitinhas”. desconhecem que design (desenho industrial) é focado em processos, que podem se aplicar virtualmente ao desenvolvimento de qualquer produto, incluindo os digitais.

  3. Leo Cabral disse:

    Eu devo concordar sobre Design quando ele faz o que é necessário: resolver os problemas sem ficar no caminho, Silvio. Infelizmente o que se vê é que o Design é colocado como parte do processo sem enxergar os anabolismos do próprio Design. E cá entre nós, empresas estão sempre adotando novos processos, não-processos, pseudoparadigmas e “melhores práticas” (esse último tem o nome mais divertido) da moda para reger aspectos orgânicos de forma mecanicista, mensurável e modular para satisfazer um mercado que enxerga o design mais como apelo comercial do que como forma de solução dos problemas humanos. Em outras palavras, não há objetivismo sistemático que supere o subjetivo puro (ou porque não: a intuição).