MENU

Escrito por • 22/10/2013

clientes, usuários e as ações de google passando de US$1.000

As ações de google passaram de US$1.000 cada. só o número já é mágico, mesmo que você não visse a curva abaixo, que mostra a evolução do valor das ações da maior [e quase monopolista] companhia de busca na web [e muito mais] fora da china. no gráfico abaixo, google é comparado com apple e microsoft, nos últimos 12 meses [clique na imagem para ver em muito mais detalhe, interativa].

image

leitura simplificada? nos últimos 12 meses, google ganhou 30% em valor, a apple perdeu 20% e, imagina só, a microsoft ganhou 20%. olhe o comportamento das 3 ações e note que google é a única que cresce de forma mais ou menos consistente, sem os sobressaltos da microsoft, por exemplo. o salto positivo da linha verde, no gráfico acima, corresponde às notícias de que google detém 6% do mercado global de anúncios e pode ganhar 1 a 2 pontos percentuais por ano, nos próximos três anos, com o potencial de chegar a US$65B de receita em 2015, num mercado que cresce de forma dramática [como mostrado na imagem abaixo] e onde a empresa é muito competente e quase monopolista em alguns setores. e pense num problema: google entrega 200 bilhões de anúncios por mês a mais, hoje, do que o segundo lugar, openX. isso quer dizer que é quase impossível competir com a máquina que sergey brin e larry page começaram a desenvolver em 1996 e cujo modelo de negócios, em 1999 era… nenhum [veja neste link].

ad spend globally

fora google, não está fácil pra ninguém. em 2013, os anúncios digitais já são 21.8% do mercado global, e os anúncios móveis chegam a 3.7% do mercado americano, o maior do mundo, crescendo 81% em 2013. pense nisso e olhe, primeiro, para o comportamento do mercado global de smartphones…

image

onde google entrega 80% de todos os dispositivos globais [e sua máquina de busca é nativa, em cada um deles]… e o mercado de tablets…

image

onde a apple começa a ter uma vida difícil e há razões para supor que não irá viver, para sempre, das margens de seus dispositivos, mas não tem busca, notícias, redes sociais, vídeos [US$20B em ads, em 2020]… docs. exagero dizer que a apple é a próxima microsoft? sim; há quem diga que é a próxima RIM [do blackberry]… o que também pode parecer e ser um exagero, agora, mas uma coisa é certa: nichos, nos mercados digitais, não sustentam companhias estelares, de produtos, serviços e margens idem. capaz de google ter se separado do resto, e por muito tempo, qual microsoft nas décadas de 80 e 90.

e os indícios já estão nos órgãos reguladores, inclusive no brasil: o CADE começa a investigar google por práticas anticompetitivas, a partir de queixas da [olha só!] microsoft e do e-commerce media group [leia buscapé e bondfaro]. vamos ver no que dá. é certo que, nos mercados [virtuais] em rede, vale a lei do winner takes all, mas o all de google é tanto que pode não haver mais nenhuma competição possível em um grande número de cenários na web. e isso não é bom pra ninguém, porque é possível, bem possível, que sejam décadas até que alguma mudança verdadeira se dê neste mercado. falando nisso, você usou bing recentemente? está muito melhor do que quando começou [teste aqui] mas quase ninguém usa; e como melhorar, neste cenário, depende de [muita] gente usando, bing não melhora muito mais ou bem mais rapidamente porque não há muito mais gente usando… e lá vai mais uma história de ovo e galinha sendo contada.

abaixo, pra terminar, uma ideia de como google ganha dinheiro. leia pensando que eles, há quinze anos, não faziam a menor ideia de como ganhar dinheiro. levando isso em conta… aprenderam direitinho. e rápido, e isso passou por entender como atrair e fidelizar usuários E clientes para um conjunto de serviços que tem por  fim organizar toda a informação da web. dito assim até que é simples, não é?…

How Google Makes Its Money

Artigos relacionados

Comentários estão encerrados.