MENU

Escrito por • 10/05/2010

estratégia: seu negócio e as [ou nas] redes sociais [1]

seu negócio é uma rede social. você é o que você segue; ou você é quem lhe segue; ou os dois. ou seja, você é sua rede social. de mais a mais, tudo é social. como se não bastasse, nunca antes na história desta rede [isso pega…] houve algo tão em rede como redes sociais. o problema, para a maioria das empresas é… qual deveria ser a estratégia de redes sociais do meu negócio?

image

claro que você –no caso, sua empresa- poderia optar por uma estratégia do tipo “tessália”; não daria certo em todos os casos, especialmente se você não quisesse passar pelo BBB e aparecer nua numa revista masculina, provavelmente logo antes de desaparecer pra sempre do cenário. mas que é uma estratégia de um certo tipo de sucesso, isso é: ela e seu avatar tem trezentos mil seguidores no twitter. não há muitas empresas ou produtos brasileiros que tenham uma rede social deste tamanho. pensando bem… será que há alguma empresa ou produto brasileiros com a presença de rede social da tessália?…

lá fora, o @developerworks da IBM tem 28.745 seguidores, a @Microsoft tem 77.000… @Google Apps tem 28.898; o pessoal de computação, por acaso, não está bem na foto. mas a @JetBlue, o lado americano da azul, tem 1.589.785 seguidores; é só olhar pra conversação abaixo, que estava rolando no twitter deles ontem à noite, que você descobre por que: eles estão engajados em um permanente diálogo com seus usuários.

image

mas… DNA corporativo não se transfere facilmente. veja como está o twitter da azul, o @voeazul, seguido por parcas 430 pessoas, que provavelmente já esqueceram que a coisa existe:

image

numa rede social em tempo real, parte da statusfera, de contribuições instantâneas, espontâneas e explosivas [áudio de uma discussão entre @srlm e @fabiolacidral no CBN BITS da NOITE sobre estas características do twitter neste link], a AZUL criou um login no twitter quase dois anos atrás, postou dois comentários [tipo “estou viva” e “tenho um avião”] e sumiu.

a TAM [@TAMAIRLINES] tuita bem mais frequentemente e tem 64.340 seguidores, mas o assunto do seu perfil é quase só promoções: será que as pessoas estão dispostas a viajar a ponto de ficar esperando um tweet com uma liquidação de assentos… tipo para qualquer lugar? a  GOL, que está em @GOLcomunicação, tem um estilo mais perto de @JetBlue e, apesar de só ter 7.981 seguidores, parece realmente se envolver com seus clientes e resolver problemas através do seu perfil, como se pode ver na conversação abaixo.

image

aliás, neste caso, a boa notícia pode facilmente se transformar em outra, nem tão boa assim: se houvesse um monte de seguidores e eles tentassem resolver seus problemas como está sendo feito acima, provavelmente o perfil seria inundado por conversas que não teriam nenhum interesse para a vasta maioria dos seguidores… o que poderia levar a uma perda de seguidores em massa.

falando em gente seguindo [na verdade se relacionando com] você ou seu negócio, no twitter ou em qualquer rede social, é certo que há estratégias para ter um monte de “seguidores”. mas o número de seguidores não é uma medida de importância ou influência no twitter; pra saber porque, veja o estudo Measuring User Influence in Twitter: The Million Follower Fallacy, de meeyoung cha et. al., cuja conclusão é que… indegree represents a user’s popularity, but is not related to other important notions of influence such as engaging audience, i.e., retweets and mentions… [and] that influence is not gained spontaneously or accidentally, but through concerted effort. In order to gain and maintain influence, users need to keep great personal involvement.

tradução? depois de estudar dois bilhões de links entre cinquenta e quatro milhões de usuários do twitter, o artigo conclui que… o número de seguidores representa a popularidade de um usuário mas não está relacionado a outras noções importantes de influência [no twitter] como o engajamento [de sua audiência], ou seja, o número de retweets e menções… ainda mais, não se ganha [no twitter] influência de maneira espontânea ou acidental, mas através de um esforço planejado e constante. para ganhar e manter audiência, os usuários tem que manter um alto grau de envolvimento pessoal [no twitter].

para generalizar, troque todas as instâncias de twitter, acima, por redes sociais e você terá uma boa idéia do que ocorre numa rede social qualquer. sim, mas… e se você quiser mesmo construir uma estratégia de redes sociais para sua empresa… como faz? amanhã, neste mesmo canal, voltamos ao assunto. até lá.

image

PS: paula, nos comentários, corrigiu uma falha do texto acima: Sem entrar no mérito da questão, mas só pra corrigir uma injustiça, o twitter da azul é http://www.twitter.com/azulinhasaereas e eles são super atenciosos. Já os citei em minha timeline e me procuraram para saber o que houve e tentaram resolver meu problema.

EXATO. o blog resolveu "achar" os twitters das aéreas pelas máquinas de busca e chegou aos três que são citados acima [e há muitos outros]. a azul deveria ter "desligado" seu primeiro twitter, talvez. o @azulinhasaereas é seguido por 22.549 pessoas e é, ao contrário do que o blog disse acima, uma combinação de promoções e serviços; e usuários como a paula, como se vê, estão satisfeitos.

Artigos relacionados

0 Responses to estratégia: seu negócio e as [ou nas] redes sociais [1]

  1. cliff oliveira disse:

    Parabéns muito bom o artigo.
    Realmente qualidade e foco vão sempre estar a frente de quantidade.

  2. cliff oliveira disse:

    Parabéns muito bom o artigo.
    Realmente qualidade e foco vão sempre estar a frente de quantidade.

  3. Bruno Bezerra disse:

    O twitter representa ainda uma ferramenta muito nova para muitas empresas, as próprias faculdades e universidades de cursos como administração pouco focam uma aula com temáticas como a do artigo. Muitas vezes administradores e empreendedores focam tanto a empresa internamente e isoladamente, que acabam esquecendo que o resto do mundo já não é mais o mesmo… e aí depois nota que o buzão já passou e ele tem que correr pra continuar no velho novo mundo de sempre.
    Bom artigo!

  4. Bruno Bezerra disse:

    O twitter representa ainda uma ferramenta muito nova para muitas empresas, as próprias faculdades e universidades de cursos como administração pouco focam uma aula com temáticas como a do artigo. Muitas vezes administradores e empreendedores focam tanto a empresa internamente e isoladamente, que acabam esquecendo que o resto do mundo já não é mais o mesmo… e aí depois nota que o buzão já passou e ele tem que correr pra continuar no velho novo mundo de sempre.
    Bom artigo!

  5. José Telmo disse:

    Ótimo artigo. Tenho sempre trabalhado com a ideia de prestar mais atenção aos números e ao seu real significado, afinal, quando enviamos um tweet não impactamos naquele momento nossos seguidores, mas um encadeamento deles (e isso é positivo?). Devemos começar a pensar nos valores reais antes dos reais monetários: relacionamento, qualidade de marca e engajamento.

    Pararabéns pelo artigo! Ele me incentiva a continuar nessa busca. 

    Abraço e boa semana. 
    @josetelmo 

  6. José Telmo disse:

    Ótimo artigo. Tenho sempre trabalhado com a ideia de prestar mais atenção aos números e ao seu real significado, afinal, quando enviamos um tweet não impactamos naquele momento nossos seguidores, mas um encadeamento deles (e isso é positivo?). Devemos começar a pensar nos valores reais antes dos reais monetários: relacionamento, qualidade de marca e engajamento.

    Pararabéns pelo artigo! Ele me incentiva a continuar nessa busca. 

    Abraço e boa semana. 
    @josetelmo 

  7. Raini disse:

    Execelente! As pessoas e, principalmente as empresas, precisam entender melhor o sentido das redes sociais e de como usá-las a seu favor de forma a fazer diferença no seu negócio… de maneira positiva claro! rs.

  8. Raini disse:

    Execelente! As pessoas e, principalmente as empresas, precisam entender melhor o sentido das redes sociais e de como usá-las a seu favor de forma a fazer diferença no seu negócio… de maneira positiva claro! rs.

  9. Paula disse:

    Sem entrar no mérito da questão, mas só pra corrigir uma injustiça, o twitter da azul é http://www.twitter.com/azulinhasaereas e eles são super atenciosos. Já os citei em minha timeline e me procuraram para saber o que houve e tentaram resolver meu problema. 🙂

  10. Paula disse:

    Sem entrar no mérito da questão, mas só pra corrigir uma injustiça, o twitter da azul é http://www.twitter.com/azulinhasaereas e eles são super atenciosos. Já os citei em minha timeline e me procuraram para saber o que houve e tentaram resolver meu problema. 🙂

  11. Ana Goelzer disse:

    Eu uso o tweetdeck com todas as suas limitações, porque com ele consigo ver meus new followers e entro no perfil de cada um, as vezes coloco no google e conforme for dou um block. Tb controlo as menções ao meu nome e os RT.
    Já fiz teste cm várias empresas: mandic , sempre responde o proprio mandic, zappos. Já as de celular foram dias trocando opinioões e nhuma se manifestou.

  12. Ana Goelzer disse:

    Eu uso o tweetdeck com todas as suas limitações, porque com ele consigo ver meus new followers e entro no perfil de cada um, as vezes coloco no google e conforme for dou um block. Tb controlo as menções ao meu nome e os RT.
    Já fiz teste cm várias empresas: mandic , sempre responde o proprio mandic, zappos. Já as de celular foram dias trocando opinioões e nhuma se manifestou.

  13. RRR206 disse:

    Dia 10/05/2010 O dia que o twitter Parou, estão todos iguais no numero de seguidores e seguidos Zero !!!!

  14. RRR206 disse:

    Dia 10/05/2010 O dia que o twitter Parou, estão todos iguais no numero de seguidores e seguidos Zero !!!!

  15. Excelente artigo, abordando a questão da responsividade, o envolvimento e engajamento na relação via rede. O exemplo inicial da tessália não é muito pertinente, pois o tipo de “seguidor” é completamente diferente, bem como o tipo de envolvimento – a maioria curiosos, que eu suponho que nem lêem o Twitter com frequência, se for tomar base a média do próprio conjunto do Twiiter.
    Uma última coisa, escreva nomes próprios com maiúscula. É de bom tom!! he he
    Abraços
    @ricardomendesjr

  16. Excelente artigo, abordando a questão da responsividade, o envolvimento e engajamento na relação via rede. O exemplo inicial da tessália não é muito pertinente, pois o tipo de “seguidor” é completamente diferente, bem como o tipo de envolvimento – a maioria curiosos, que eu suponho que nem lêem o Twitter com frequência, se for tomar base a média do próprio conjunto do Twiiter.
    Uma última coisa, escreva nomes próprios com maiúscula. É de bom tom!! he he
    Abraços
    @ricardomendesjr

  17. Rubem Salzano disse:

    muito legal o texto!
    com certeza essa preocupação que algumas empresas têm hoje no relacionamento com os clientes via redes sociais vai se itensificar no futuro e os números apresentados são muito bons pra comprovar isso.
    vi recentemente que a empresa de celulares vivo nessa copa vai gastar bem menos com propagandas tradicionais e o resto do seu fundo destinado ao marketing na copa sera investido em mais presença em aplicações desse tipo mencionada no texto como o twitter.
    abs

  18. Rubem Salzano disse:

    muito legal o texto!
    com certeza essa preocupação que algumas empresas têm hoje no relacionamento com os clientes via redes sociais vai se itensificar no futuro e os números apresentados são muito bons pra comprovar isso.
    vi recentemente que a empresa de celulares vivo nessa copa vai gastar bem menos com propagandas tradicionais e o resto do seu fundo destinado ao marketing na copa sera investido em mais presença em aplicações desse tipo mencionada no texto como o twitter.
    abs

  19. Silvio. Gostei muito do seu texto. São bem oportunas suas opiniões sobre os assuntos que aborda tanto na CBN quanto em seu site. Passei a segui-lo no twitter hoje.
    Na verdade passei a usar o twitter efetivamente ontem e esse estimulo a passar a criar o habito de seguir pessoas ou empresas que considero que tenham algo interessante a dizer veio de sua entrevista com a Fabiola Cidral.
    Nesses 2 dias tenho seguido os vários links sugeridos e adicionado novos.
    Apenas por essa pequena mostra de apenas 2 dias, mas de muita atenção ao que tenho seguido, percebo que de fato, quem se empenha pessoalmente e de forma cuidadosa e constante nas chamadas aqui tende a ter seguidores interessados, influenciados e engajados no assunto.
    Abraço

  20. Silvio. Gostei muito do seu texto. São bem oportunas suas opiniões sobre os assuntos que aborda tanto na CBN quanto em seu site. Passei a segui-lo no twitter hoje.
    Na verdade passei a usar o twitter efetivamente ontem e esse estimulo a passar a criar o habito de seguir pessoas ou empresas que considero que tenham algo interessante a dizer veio de sua entrevista com a Fabiola Cidral.
    Nesses 2 dias tenho seguido os vários links sugeridos e adicionado novos.
    Apenas por essa pequena mostra de apenas 2 dias, mas de muita atenção ao que tenho seguido, percebo que de fato, quem se empenha pessoalmente e de forma cuidadosa e constante nas chamadas aqui tende a ter seguidores interessados, influenciados e engajados no assunto.
    Abraço

  21. Sandra disse:

    Em sua entrevista na CDB dia 11, vc citou que os produtos eletronicos vem com um manual robusto para leitura e que os jovens não precisam ler pq são mais “atirados” sem medo de errar. Uma correção os produtos atuais não vem com manuais robustos, caso vc queira saber mais sobre o produto deve entrar no site e baixar o manual, o que vem acompanhando hoje em dia é apenas o liga e desliga, para que não ocorra devolução do produto. O mundo é net mesmo!!! Adoro seus comentários e entrevistas, sou sua fã. Adorei compreender que a longevidade pela NET é cientificamente comprovada, vou incentivar meus pais!
    Abraços,

  22. Sandra disse:

    Em sua entrevista na CDB dia 11, vc citou que os produtos eletronicos vem com um manual robusto para leitura e que os jovens não precisam ler pq são mais “atirados” sem medo de errar. Uma correção os produtos atuais não vem com manuais robustos, caso vc queira saber mais sobre o produto deve entrar no site e baixar o manual, o que vem acompanhando hoje em dia é apenas o liga e desliga, para que não ocorra devolução do produto. O mundo é net mesmo!!! Adoro seus comentários e entrevistas, sou sua fã. Adorei compreender que a longevidade pela NET é cientificamente comprovada, vou incentivar meus pais!
    Abraços,

  23. Dener Didoné disse:

    Além do ótimo artigo, achei interessantíssimo a Azul postando no seu Twitter para o Sr. Silvio que caso estivesse interessado em conhecer as ações da empresa nas redes sociais entrasse em contanto.

  24. Dener Didoné disse:

    Além do ótimo artigo, achei interessantíssimo a Azul postando no seu Twitter para o Sr. Silvio que caso estivesse interessado em conhecer as ações da empresa nas redes sociais entrasse em contanto.

  25. Anselmo Lacerda disse:

    Parabéns! Excelente Artigo! O Sistema de Ensino do Reino Unido está utilizado o Twitter e Facebook como ambiente para melhorar o ensino de algumas disciplinas, bem como, tornar mais interessante e atualizada o contatos com os alunos e melhorar a interação com as novas mídias.

    Silvio, queria que você comentasse sobre o que você tinha dito na entrevista no Canal Livre, que ” a informação está vindo das bordas para o centro!”

    Essa semana, fizeram uma alarde sobre o poder do capital estrangeiro detém na midia brasileira, e a pressão das emissoras de terem o dominio administrativo das midias por brasileiros e a participação reduzida do capital estrangeiros nas empresas.

    Além disso, se fala muito nesta questão da informação e divulgação de noticias na internet tem prejudicado a qualidade da informação e principalmente vinculada por empresas de midias ligadas aos grupos estrangeiros que vem incomodando os grandes veiculos de comunicação do Brasil.

  26. Anselmo Lacerda disse:

    Parabéns! Excelente Artigo! O Sistema de Ensino do Reino Unido está utilizado o Twitter e Facebook como ambiente para melhorar o ensino de algumas disciplinas, bem como, tornar mais interessante e atualizada o contatos com os alunos e melhorar a interação com as novas mídias.

    Silvio, queria que você comentasse sobre o que você tinha dito na entrevista no Canal Livre, que ” a informação está vindo das bordas para o centro!”

    Essa semana, fizeram uma alarde sobre o poder do capital estrangeiro detém na midia brasileira, e a pressão das emissoras de terem o dominio administrativo das midias por brasileiros e a participação reduzida do capital estrangeiros nas empresas.

    Além disso, se fala muito nesta questão da informação e divulgação de noticias na internet tem prejudicado a qualidade da informação e principalmente vinculada por empresas de midias ligadas aos grupos estrangeiros que vem incomodando os grandes veiculos de comunicação do Brasil.

  27. Samuel Boson disse:

    Muito bom artigo, No meu ver ainda ainda tem de se pensar bastante em redes socais de modo empresarial, em participar ou não , mas ir além pensar na influencias que a internet e as redes socias levam no negocio
    a maior transparência empresarial e necessidade da solução da lacunas entre o que é ofertado e o que é realmente dado.

  28. Samuel Boson disse:

    Muito bom artigo, No meu ver ainda ainda tem de se pensar bastante em redes socais de modo empresarial, em participar ou não , mas ir além pensar na influencias que a internet e as redes socias levam no negocio
    a maior transparência empresarial e necessidade da solução da lacunas entre o que é ofertado e o que é realmente dado.

  29. Jose Luis Rauter disse:

    Bom dia Silvio

    Gostaria de receber mais informações de como posso usar o twitter para açoes de marketing.
    Trabalho em uma empresa que produz madeira plastica

    Não tenho contato com esssa nova midia gostaria muito de usa-la

    abraço
    zeluis

  30. Jose Luis Rauter disse:

    Bom dia Silvio

    Gostaria de receber mais informações de como posso usar o twitter para açoes de marketing.
    Trabalho em uma empresa que produz madeira plastica

    Não tenho contato com esssa nova midia gostaria muito de usa-la

    abraço
    zeluis

  31. Fernando Kenji Kamei disse:

    Não tinha lido ainda… mas achei bem interessante esse primeiro post da série. Vou ler os próximos…

    Uma grande estratégia de marketing, e ainda gratuita. O que as empresas estão esperando?

  32. Fernando Kenji Kamei disse:

    Não tinha lido ainda… mas achei bem interessante esse primeiro post da série. Vou ler os próximos…

    Uma grande estratégia de marketing, e ainda gratuita. O que as empresas estão esperando?

  33. rolexfake disse:

    Excellent reproduction Arsenalmerchandise sells at resonable price.The Real Madrid merchandise with high quality and exclusive design.Choose one amazing of
    England Premier League merchandise to highlight your life style.

  34. rolexfake disse:

    Excellent reproduction Arsenalmerchandise sells at resonable price.The Real Madrid merchandise with high quality and exclusive design.Choose one amazing of
    England Premier League merchandise to highlight your life style.

  35. rolexfake disse:

    Till now, replica rolex daytona well-known all over the world.With a large selection of rolex daytona replicaand a low price on every model, watchwax.com is the best place to shop for Luxury Rolex watches.

  36. rolexfake disse:

    Till now, replica rolex daytona well-known all over the world.With a large selection of rolex daytona replicaand a low price on every model, watchwax.com is the best place to shop for Luxury Rolex watches.

  37. rolexfake disse:

    We are rolex oyster perpetual experts selling only the finest, top level condition, and preowned men’s and ladies’ rolex oyster perpetual datejust, used Rolex watches, unused Rolex watches and new Rolex watches on the market. Our top priority is to provide every customer with the highest quality Rolex watch at the lowest price available. Browse our wide selection of Rolexes for sale.

  38. rolexfake disse:

    We are rolex oyster perpetual experts selling only the finest, top level condition, and preowned men’s and ladies’ rolex oyster perpetual datejust, used Rolex watches, unused Rolex watches and new Rolex watches on the market. Our top priority is to provide every customer with the highest quality Rolex watch at the lowest price available. Browse our wide selection of Rolexes for sale.