MENU

Escrito por • 21/09/2008

gPhone: competição pro iPhone?

android_phone.jpgvem aí o primeiro produto de conectividade móvel construído sobre android, o sistema operacional da open handset alliance, cujos trinta associados incluem a telefónica, tim, china mobile, docomo, motorola, lg, htc e samsung, além de ebay e google, que dá o nome aos bois. quase todo mundo que já ouviu falar da coisa acha que haveria, ou há, um "google phone". de tanto acharem, pegou.

nesta terça-feira, a t-mobile, outro membro do grupo, lança o primeiro celular da família android, um celular 3G feito pela htc. a máquina chega ao mercado americano por US$199 e tem inimigos declarados… o iPhone, os blackberry e os smartphones que rodam symbian e windows mobile. entendidos estimam que o primeiro gPhone vai ocupar 4% do mercado americano no último trimestre do ano. isso -se ocorrer- vai ser três vezes menos do que a apple conseguiu no primeiro trimestre do iPhone. vamos ver se outros fabricantes e operadoras vão lançar outros modelos, pra quem e por quanto.

a família "gPhone" deve se espalhar pelo mundo e, em breve, estar no brasil pelas mãos de algum de seus fabricantes e operadoras associadas. se pegar, vai ser porque quase tudo no celular pode ser mudado, inclusive a tela principal e o discador. e porque, segundo a promessa da aliança, qualquer aplicação vai se comportar como uma aplicação nativa. tomara. se isso acontecer, os outros que se cuidem. iPhone também.

Artigos relacionados

0 Responses to gPhone: competição pro iPhone?

  1. caetano dable disse:

    Ola Silvio,

    vi seu post sobre o Som Barato que fiseste a um tempo atras…

    Sabes o que aconteceu com o site?

    fio deletado?

    nao consigo mais acessa-lo

    grato, Caetano

  2. Thaynah Leal disse:

    Aê Silvio! (trocadilho adaptado!)

    Essa história do OS de código aberto do google ainda vai dar muito o que falar. A proposta inovadora do android é a cara do google. E se isso vai derrubar a concorrência, vai ser só mais uma das revoluções embarcadas por ele. Liberdade e praticidade me parecem coisas bem vindas em uma era de alguns poucos monopólios.
    Adorei o post! 🙂

  3. Rafael disse:

    Celular com fonte aberta?
    Estou com receio desta idéia.

    De qualquer forma, é uma grande notícia.