MENU

Escrito por • 16/08/2013

móvel, bom ou ruim? segundo a ANATEL, os dois…

Não faz nem um mês que a ANATEL declarou que a qualidade da telefonia móvel é satisfatória no país [bem aqui neste link]. para a agência reguladora, “as quatro operadoras (Claro, Oi, Tim e Vivo) apresentaram resultados acima dos parâmetros de referência, com melhoras tanto no acesso quanto na queda de ligações”. muito bem. telefonia móvel compreende voz e dados. na verdade, hoje, só dados, pois voz não passa de uma aplicação sobre dados, como qualquer um percebe.

dito o que disse mês passado, a agência acaba de declarar, ontem, que as únicas capitais onde todas as operadoras cumprem as metas de qualidade da agência para dados móveis são maceió, cuiabá e campo grande. lugares de muita sorte. cariocas e paulistas têm a pior situação entre todas as capitais: em são paulo, não se atinge a meta de taxa de sucesso nem a de qualidade das conexões; no rio de janeiro, não se atinge a primeira meta. será que isso tem a ver com óbvio fato de que as duas são as maiores cidades do país, com o maior número de usuários e a maior demanda pelos serviços? capaz de ter…

o brasil tinha serviços móveis satisfatórios e deixou de ter? não. provavelmente as duas medições da ANATEL não têm relação entre si e, ainda por cima, a primeira, a dos “serviços satisfatórios” tem alguns problemas. ou foi feita noutro país.

talvez seja bom lembrar que a banda [nem tão] larga móvel brasileira é a mais cara da américa latina [veja este estudo]. veja os 3 links e tire suas conclusões…

Artigos relacionados

Comentários estão encerrados.