MENU

Escrito por • 13/09/2019

o apocalipse digital…

…segundo silvio meira, capítulo 55, versículo 2019, parágrafos 1 a 8. escrito em plena sexta-feira 13, num dos grupos de inovação [corporativa] mais animados e interessantes dos quais participo, como parte de uma discussão sobre porque as empresas [em geral, em todos os mercados, lugares e tempos] demoram tanto a mudar, mesmo quando é óbvio que têm que mudar, como agora.

1. estamos em uma TRANSIÇÃO entre ESTADOS da economia e sociedade, por conseguinte dos MERCADOS e das EMPRESAS.

2. a transição atual, do mundo ANALÓGICO para o DIGITAL, está aparecendo, cada vez mais rapidamente, há 50 anos… e eclodiu de vez, como processo incontornável, nos últimos 5 anos .

3. a vasta maioria dos agentes sociais e econômicos NÃO têm um mínimo de percepção (a) do que estava / está acontecendo, de fato e (b) das implicações do que está acontecendo, agora e daqui pra frente, pra eles (que seja).

4. a quase totalidade das performances pessoais E corporativas se torna OBSOLETA já no processo de transição, quando ela tem a largura e profundidade da que estamos passando agora…

5. DEPOIS da transição, que deve se completar em mais duas décadas, no máximo, quase NENHUMA empresa criada ANTES da grande transição digital subsistirá, e as que sobreviverem restarão significativamente modificadas em quase todos os seus aspectos.

6. as exceções serão tão poucas que servirão de exemplo, para sempre, nos MBAs de depois da transição [pois sempre haverá um mercado para estudo de casos impossíveis de serem replicados; humanos não resistem ao {auto}engano e às vias aparentemente muito fáceis de resolver problemas extremamente difíceis].

7. por fim, não adianta tentar convencer a grande maioria das organizações a AGIR para não morrer. de mais de uma forma, esse é o seu destino inexorável E elas estão desenhadas para cumpri-lo. quanto mais sofisticado for o sistema de governança e melhores os resultados do presente, MAIS a organização estará preparada para NÃO sobreviver a uma transição do porte da que estamos vivendo agora e, independentemente da qualidade e quantidade do esforço dispensado para tentar evitar o fim…

8. ASSIM SERÁ.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.