MENU

Escrito por • 07/06/2010

operadoras: mudanças à vista. mas quais?…

a oferta não solicitada da espanhola telefonica, que pretende comprar a parte da portugal telecom na vivo, deve causar mudanças no cenário brasileiro de mobilidade e conectividade. só não se sabe quais.

image

o conselho da empresa lusa se reune no 30 de junho para aceitar ou não os seis e meio bilhões de euros [da segunda oferta; a primeira, detalhada no link da imagem acima, era “final”, e de €5.7B] pelas suas ações na vivo. há quem diga que a resposta será sim… mas só se a telefonica aparecer com [pelo menos] mais meio bilhão de euros. os espanhóis andam dizendo que os portugueses estão ruins da cabeça. ou doentes dos pés. e alguns analistas concordam.

mas pense: a telefonica quer –e precisa- reunir suas operações fixas e móveis no país debaixo de uma só bandeira e comando; o resultado seriam economias de quase três bilhões de euros por ano, face às sinergias fixo-móveis de uma eventual operação conjunta. nestes termos, a compra da participação portuguesa na vivo se pagaria em pouco mais de dois anos.

e a portugal telecom é mesmo capaz de vender, mas pode acabar comprando. se endurecer o jogo pela vivo, a portuguesa pode levar os espanhóis a desistir deste negócio e oferecer uma outra montanha de dinheiro pelo controle da tim. neste caso, as regras do mercado de telecom forçariam a venda da parte espanhola na vivo para… a portugal telecom. que ficaria, no país, só no mercado de mobilidade.

por outro lado, a america movil [leia carlos slim] –que detém perto de 5% da portugal telecom- nega estar conversando com os portugueses ou com qualquer outro, sobre qualquer assunto, seja a compra ou venda da vivo… ou o que for. pelo menos esta é a versão oficial. vamos continuar na escuta.

mas e… se a telefonica comprasse a tim? a telecom italia disse [de novo] que a tim não está à venda, mas que tudo é [como sempre] “questão de preço”. que preço? estima-se que os 60% dos italianos na tim saiam por uns oito bilhões de euros, o que faria muito bem à holding italiana, que deve perto de trinta e seis bilhões. será? pode ser; depois que perdeu a GVT pra vivendi, a telefonica está decidida a arrumar a casa no brasil e, diz-se no mercado, vai fazer alguma coisa. mas que coisa?

no meio deste deste rolo, há cenários ainda mais radicais: a telefônica, em tese, poderia comprar a telecom italia por inteiro ou fazer o mesmo, por bem menos, com a portugal telecom. em qualquer caso, acabaria fundindo, por aqui, uma operação móvel com uma fixa, coisa que só quem tem é a america movil [claro+embratel+net] e a oi. eita, e isso me lembra que, se a portugal telecom vender sua parte na vivo, uma das opções mais em conta é entrar no capital da… oi, talvez assumindo o controle da companhia. o dinheiro que a telefonica está querendo pagar pela vivo [mesmo se forem “só” €6.5B] dá pra fazer isso e muito mais. resta saber se… a oi está à venda.

imagepois é. e você pensando que o mundo, por trás de nossos “telefones”, era uma simplicidade…

e eu, se fosse a portugal telecom? então: tentaria conseguir uns trocados acima de sete bilhões de euros [ali pelos €7.2B] pela minha parte na vivo e venderia mesmo se não chegasse a tanto, mas só e somente se, numa operação quase casada… pudesse comprar o controle da oi.

mas claro que tudo é muito mais –mas muito mais- complexo que tentei explicar [!] neste texto… e a gente só vai saber o fim da história lá bem no fim da história mesmo. é esperar pra ver.

Artigos relacionados

0 Responses to operadoras: mudanças à vista. mas quais?…

  1. Aragon disse:

    Se essas negociações pelo menos trouxessem uma banda larga “de futuro” pro interior do RN eu ficaria muito satisfeito. Mas geralmente o consumidor é o ultimo pensamento desses empresários.

  2. Minoru disse:

    Por falar nisso, deixo uma refência para quem quiser dar uma “viajada” nas possibilidades ‘absurdas’ de consolidação mas… não impossíveis! Vejam aqui: http://www.itweb.com.br/blogs/blog.asp?cod=53

  3. Igmar dornelas disse:

    Silvio.

    Será o “freio de arrumação” do mercado frente ao novas oportunidades do mundo da banda larga móvel.

    Literamente, que ficar parado não será móvel !

    Quem viver verá!

  4. Igmar dornelas disse:

    Silvio.

    Será o “freio de arrumação” do mercado frente ao novas oportunidades do mundo da banda larga móvel.

    Literamente, que ficar parado não será móvel !

    Quem viver verá!

  5. gil disse:

    porque todo mundo é roubado nas contas telefonicas e não ha maIS justiça,”é de lascar doendo”!

  6. Paulo disse:

    Depois da “penalidade” pela Anatel a Telefônica nada mudou. Estou a 15 dias sem Speedy. Já pensou que qualidade de serviços vai existir?
    Meeedúúú…

  7. Emilio Aparecido Facco disse:

    Esperamos que nessa negociacoes nos somos um pouco previligiado ( muito dificil ) em questao a internet banda larga por que o que hoje a telefonica nos fornessem e caotica.

  8. Donato Seidel disse:

    Não existe nada mais vergonhoso em nosso país que as tarifas telefônicas.
    Somos os mais caros do mundo e pretendemos ser competitivos. COMO ???
    Na China os custos são exatamente 10 vezes menores.
    Ninguém faz NADA….Deve haver MUITA COMISSÃO nesse negócios !!!

  9. Sidney disse:

    Reportagem

  10. LESLIE disse:

    Só que a Telefônica que ganha tanto aqui no Brasil demitiu funcionários em massa com até 30 anos de empresa, antiga Telesp. Então, só quero ver qual QUALIDADE vão oferecer, tendo em vista que os funcionários que impulsionavam a empresa foram demitidos para corte de gastos…..só quero ver….vide SPEED e o apagão!!

  11. Luis disse:

    O governo investiu muito tempo e dinheiro, com fartos recursos do BNDES, para viabilizar o nascimento da OI com o pressuposto de criar um grande grupo nacional, beneficiando somente os grupos controladores, que dizem, mantem estreitos laços com o poder.
    Agora aparece a possibilidade da venda da OI para um grupo estrangeiro.
    Talvez seja a hora de desnacionalizar tudo, essa conversa de grandes grupos nacionais sempre envolvem as mesmas empreiteiras que a décadas sugam do seio nacional.

  12. Sandra disse:

    São todos, italianos, espanhóis e portugueses, uma corja de gringos safados, donos de empresas que aprontaram uma porção de falcatruas na Europa e vieram aprontar pior aqui. E é essa curriola que domina a telefonia no Brasil e explora os brasileiros com péssimo serviço e o custo mais alto do planeta. Mas num país governado por um molusco, já viu né, só poderia mesmo dar nessa roubalheira descontrolada.

  13. Anselmo Lacerda disse:

    É um verdadeiro Balaio de Gatos, mas no final das contas os serviços para os consumidores finais continuaram péssimos e com preço lá em cima, e essas empresas “Latinas” ficam enchendo os cofres de dinheiro, e ficam nessa jogatina de ficar comprando e vendendo ações num mercado especulativo, sem compromisso nenhum com os consumidores, sem contar na Anatel que nada faz para defender os consumidores e a legislação! Digo mais : “Quem poderá nos Defender?”

  14. Zé Lite disse:

    Recordar é viver: no auge do escândalo do mensalão, foi amplamente divulgado que houve reuniões do Banco Espírito Santo, à época principal acionista da Portugal Telecom, na Casa Civil do então todo poderoso Zé Dirceu, para tratar de assuntos estratégicos. Anos depois, o governo forçou e conseguiu mudar a legislação para criar a “Super Oi”, fundindo Telemar e Brasil Telecom. Um ano depois, que coincidência, a PT (aliás, que simbólico: a PT e o PT) se vê nas cordas, atônita, sairá da Vivo e – tchã, tchã, tchã, tchã – buscará associação, fusão, incorporação ou qualquer outra boia de salvação com quem? Com quem? Com a Super Oi! É ou não é pra relembrar Cazuza cantando com sotaque de Trás-os-Montes (Brasil, mostra tua cara, quero ver quem paga, pra a gente ficar assim/ Brasil, qual é o teu negócio, o nome do teu sócio…)? Brasil-sil-sil!

  15. Patrício disse:

    Coitado do grupo Portugal Telecom… relembremos: compraram a Telesp Celular por 4 bi de dólares (em valores de 1998!!!), investiram mais uns 10, fizeram rede CDMA, se fundiram com a Telefônica, criaram a Vivo, tiveram de trocar tudo por GSM/EDGE,etc. A Vivo começou a dar dinheiro há coisa de 1 ou 2 anos, eles não tiraram quase nada do que investiram ainda. Compraram o Zip.Net – que era basicamente um cadastro de e-mails – (lembram???) por 500 milhões de dólares (em 99 ou 00!!!), deu errado, se fundiram com o UOL (onde são minoritários), que não deu retorno em $$$ até hoje. Se associaram com a Gazeta Mercantil no site Invest News – faliu. Tentaram entrar em TI comprando a rede do Bradesco e do Unibanco, criaram uma empresa chamada Primesys, que não deu o retorno esperado e foi vendida para a Embratel. Compraram a então Mobitel, empresa de pager, que virou uma empresa de call center chamada Dedic (cujo principal cliente é – surpresa – a Vivo), que agora deve ir no pacotão para o grupo Telefônica. Resumindo: desde 98 eles só perdem dinheiro no Brasil!!! E agora vão entregar a Vivo de bandeja! E duvido que consigam mandar na Oi, que, embora se diga empresa privada, é um ativo estratégico para o grupo que hoje está no poder no Brasil… Que triste sina da Portugal Telecom! Só colocando um fado na vitrola e chorando muito!

  16. As operadoras devem estar quebrando a cabeça com a questão: se a internet em breve estará em todo canto e acessível a todo momento, quem ainda fará ligações telefônicas da maneira convencional se o VoIP é muito mais barato?

    Claro que elas faturarão de outra forma, inclusive disponibilizando a própria rede, porém não deixa de ser uma grande questão a ser enfrentada.

  17. Roberto Campos disse:

    Olha é só cometário e mais comentário e nada acontece. O Brasil é o 5º pior em internet no mundo, cobrando por preços exorbitantes e com uma péssima qualidade de serviços. A OI é uma safadeza, eu achava que a Brturbo era uma bagunça, mas agora estou de queixo caído, o serviço piorou muito mais. Tem gente que acha que está bom pagar 100 a 250 reais por mês para ter um serviço de internet ridículo, 1/5 da velocidade dos países desenvolvidos pagando mais caro que eles.
    Esse país é lindo, mas ridículo, somos tratados como bois e está td bem.

  18. Roberto Campos disse:

    Olha é só cometário e mais comentário e nada acontece. O Brasil é o 5º pior em internet no mundo, cobrando por preços exorbitantes e com uma péssima qualidade de serviços. A OI é uma safadeza, eu achava que a Brturbo era uma bagunça, mas agora estou de queixo caído, o serviço piorou muito mais. Tem gente que acha que está bom pagar 100 a 250 reais por mês para ter um serviço de internet ridículo, 1/5 da velocidade dos países desenvolvidos pagando mais caro que eles.
    Esse país é lindo, mas ridículo, somos tratados como bois e está td bem.