MENU

Escrito por • 07/03/2013

ousadia, persistência e inovação: 1

Imagine que você desenha um modelo de negócios numa prova e professores de sua faculdade lhe dizem que a chance da coisa funcionar é baixa, lhe dando uma nota C no trabalho. como sair dessa pra criar um grande negócio?  a maioria dos mortais nem tentaria. talvez desistisse de empreender como um todo e iria atrás de um emprego. um ou outro iria empreender mas, reprimido pela nota, tentaria outra vertente de negócio ou outro mercado. só um cara muito especial iria fazer exatamente o que mostrou aos professores… e faria o tal negócio que estava essencialmente errado dar certo. este cara é fred smith e o negócio, a fedEx.

image

e parte do parágrafo anterior pode ser uma lenda… em parte criada por smith. deixando pra lá a história da cadeira economics 43a onde paper foi submetido, smith entrou para a história depois de voltar da guerra do vietnam e criar a fedEx em 1971, trazendo para a prática a ideia de central de roteamento e distribuição como padrão de coleta e entrega de pacotes para o mundo inteiro.

entre a miríade de ações que o levaram a estar onde chegou, uma vez smith pegou os últimos US$5K do caixa, que não davam para pagar a conta de combustível dos aviões… e foi apostar tudo numa mesa de blackjack em las vegas, de onde ganhou US$27K que salvaram a empresa. segundo ele, não foi sorte, mas uma combinação de desespero e matemática. a história está neste link. não vá  repeti-la no seu negócio, a menos que você entenda muito de blackjack; mesmo assim, pode dar radicalmente errado, depende da mesa. o que a história mostra é que, certas vezes, você tem que tomar medidas e realizar ações que não estão nos livros de nenhuma disciplina, só pra manter sua companhia no ar. no caso de fred smith, literalmente, pois se tratava de dinheiro pra gasolina dos aviões.

a última edição de exceptional, da ernst & young, trata de 3 qualidades que criam e mantém grandes negócios por muito tempo: ousadia, persistência e inovação.

este trio é discutido numa entrevista com smith, que está a 40 anos à frente da fedEx, o que o torna um dos mais antigos CEOs em qualquer tipo de companhia, em qualquer negócio, em qualquer lugar do mundo. uma das grandes inovações da fedEx foi entender, desde o começo do negócio, que …the information about a package is as important as the package itself… que a informação sobre um pacote é tão importante como o pacote propriamente dito. isso em 1973.  a vasta maioria das empresas só veio a entender isso com a internet e há quem, até hoje, ainda não tenha tornado o conceito uma prática eficiente e eficaz nos seus negócios.

image

smith, 68 anos de idade, não pensa em se aposentar e acha que pode fazer muito pela empresa, colaboradores e pelo país. smith acredita que crescimento [de um negócio] está  diretamente relacionado a invenção, inovação, empreendedorismo e escala. segundo ele… The only thing that is almost 100% correlated with job creation is investment… If you want to get the economy growing and if you want to employ more people, you must invest. vá ver.

amanhã a gente vai ver uma outra história –brasileira!- da mesma revista. até lá.

Artigos relacionados

Comentários estão encerrados.