MENU

Escrito por • 18/03/2009

seu cérebro, eletrônico?

cientistas de quinze instituições em sete países europeus estão trabalhando para criar o que chamam de “cérebro num chip”, uma máquina –a longo prazo- capaz de reproduzir o funcionamento de um cérebro humano a partir de suas características primárias.

não se trata de um desafio menor. um cérebro humano adulto contém cerca de 100 bilhões de neurônios, que podem ser tratados como unidades fundamentais de armazenamento e processamento de informação. e o número de conexões [as sinapses] entre os neurônios é gigantesco: estima-se que um cérebro humano adulto tenha entre 100 e 500 trilhões delas.

se formos comparar, o supercomputador mais rápido do mundo, o IBM roadrunner, tem “apenas” 129.600 processadores, interligados por míseras 10.000 conexões, intermediadas por quase cem quilômetros de fibra ótica. a máquina, usada pelo governo americano, é capaz de realizar mais de um quatrilhão de operações de cálculo por segundo. se a população da terra, munida de calculadoras, fizesse um cálculo por segundo por pessoa, levaríamos [em conjunto] 46 anos pra fazer as contas que roadrunner faz num único dia.

isso quer dizer que roadrunner é muito rápido pra calcular e que nós somos muito lentos neste particular. mas nosso cérebro é capaz de feitos muito mais radicais do que qualquer computador atual. que tal ouvir música, falar ao telefone, ver e ouvir TV, andar e comer, tudo ao mesmo tempo, sem deixar de admirar a lua na janela… estima-se que aqueles 100 bilhões de neurônios de que falamos sejam, em conjunto, 10.000 vezes mais rápidos do que um roadrunner.

acontece que a capacidade dos supercomputadores vem aumentando a taxas superiores a 1.000 vezes por década, e dá pra prever que o primeiro supercomputador capaz de realizar uma simulação completa de um cérebro humano em tempo real [cada segundo de simulação corresponde a um segundo de realidade] estará por aqui em 2018. se você quiser comprar um, prepare-se pra desembolsar de cem a duzentos milhões de dólares.

image a rota que uma rede de cientistas europeus está trilhando é outra: o projeto [FACETS, Fast Analog Computing with Emergent Transient States] almeja construir um cérebro, literalmente, “eletrônico”. a primeira versão, que já está pronta e funcionando, é mero brinquedo: são apenas 300 neurônios e parcas 500.000 sinapses em um único chip. apesar de bastante limitado, os componentes eletrônicos envolvidos são 100.000 vezes mais rápidos do que seus equivalentes biológicos no cérebro. isso torna possível, em tese, simular um dia inteiro em um segundo.

a próxima fase do projeto FACETS tem por objetivo usar um wafer [disco onde são construídos os circuitos integrados] de 20cm de diâmetro para implementar 200.000 neurônios e 50 milhões de sinapses, reunindo todas as recentes descobertas da neurociência em um único pacote. espera-se que os computadores “neurais” estejam no mercado dentro de meia década, mas nem pense –ainda- em trocar seu cérebro por um deles.

o primeiro uso de tal capacidade de processamento talvez seja como co-processador em computadores pessoais, para auxiliar humanos em tarefas outras que não cálculo matemático puro e simples. se o problema é calcular, máquinas como roadrunner podem até continuar imbatíveis. mas nem tudo na vida é cálculo. computadores neurais –ou, quem sabe, “cérebros eletrônicos”- serão usados para entender e participar –conosco- de situações complexas, como perguntar, entender e explicar [conceitos, lugares,…], participar de conversações, auxiliar na tomada de decisões nos negócios… tentar controlar nossos medos, afinal, fazer o que nossos próprios cérebros fazem. incluindo, claro, escrever e comentar blogs!…

imageo esforço do projeto FACETS não é único e pouco menos a única forma de tentar resolver o problema de simulação completa de um cérebro humano. para saber como os suícos da EPFL estão tratando o assunto no projeto blue brain, usando um parente distante e bem menos capaz do roadrunner, clique aqui.

para ver como o problema maior, entender o cérebro humano e construir equivalentes artificiais, é importante e relevante, vá ver um post deste blog, de outubro do ano passado, onde se reporta que a darpa, agência americana de projetos de defesa, resolveu colocar, como primeiro da sua lista de 23 problemas mais importantes do séculodesenvolver uma teoria matemática que leve à construção de um modelo do cérebro [humano] que seja matematicamente consistente e preditivo, ao invés de meramente inspirado em biologia…

para saber mais sobre o cérebro, veja o post deste link, neste blog, onde se concluia que…

nosso conhecimento sobre a parte do corpo que realmente nos move ainda é extremamente primário; nas próximas décadas, saberemos muito mais sobre como o cérebro, de fato, funciona. e teremos uma capacidade muito maior e mais precisa para resolver seus problemas, quando ocorrerem. e talvez para construir artefatos que se comportem como se tivessem, digamos, um "cérebro" como o nosso.

alguns sistemas nem tão primários já estão sendo testados em laboratório [veja aqui e aqui] e os resultados são muito interessantes. o objetivo último deste tipo de esforço é construir um sistema artificial consciente, o que gerald edelman considera que seria a notícia mais fantástica de todos os tempos, talvez perdendo em interesse apenas para mensagens de [ou encontros com] extra-terrestres

ao mesmo tempo, e à medida em que as tecnologias associadas começarem a emergir, vamos poder alterar o cérebro, aqui e ali, para tentar fazer com que ele faça coisas de que não é capaz hoje [e não faça outras que julgarmos "desnecessárias"]. e é aí que moram a oportunidade o perigo: reprogramar cérebros, alterando o pool de proteínas das conexões neuronais, por exemplo, não é algo trivial e de conseqüências triviais. mas será possível e, sendo possível, será feito. quem viver verá.

Artigos relacionados

76 Responses to seu cérebro, eletrônico?

  1. Aline disse:

    Seria o início da SkyNet???

  2. Ricardo Maciel disse:

    A que ponto chegamos, todos os dias vemos, destruição, fome, pobreza em lugares mais remotos do nosso planeta terra, mas se preocupamos em outras coisas, que vão alem da ciência do corpo humano e da natureza de Deus, a cada dia que passa vamos cada vez mais nos tornando mais máquinas nas mãos de algumas pessoas que se dizem sábias e menos seres humanos, aponto de compreender o fato que fomos criado por algo muito mais além do que um simples chip, algo sobrenatural que nenhum ser humano poderar chegar em sua perfeição e sua imitação, porem pessoas acreditam que mesmo ainda pode tornar isso realidade.
    Devemos nos preocupar com o nosso corpo, nossa mente, e principalmente nossa alma; e sempre procurar ajudar uns aos outros mesmo tando nós em situações remotas, este verdadeiramente para mim é o sentido da vida, tendo assim uma boa qualidade de vida.
    Att: Ricardo Maciel

  3. Cinthia disse:

    Podem até tentar, mas recriar emoções e sentimentos gerados por nossa mente e processados pelo nosso cérebro é algo irreproduzível por uma máquina. Por mais evoluída que ela seja…será simplesmente um máquina.

  4. Cinthia disse:

    Concordo com vc, Ricardo. Gostaria de receber uma notícia dessa com cientistas gastando bilhões de dólares em pesquisas e projetos mais produtivos e evolutivos…algo além do material. Mas talvez isso ainda seja pedir demais…

  5. Camilo disse:

    Não adianta, o maximo que podem chegar é a instinto primario por dados repetitivos controlados por programação, um chip nunca sera capaz de raciocinar se não for programado para tal situação, pura perca de tempo e dinheiro em tempo de crise.

  6. dil disse:

    Acho que vcs querem ultrapassar,o que Deus criou.
    vcs lemram do Titanic,aquela frase,NEM DEUS PODE AFUNDAR ESTE NAVIO.Viram o que aconteceu.
    O SENHOR DEUS É O TODO PODEROSO NÃO TENTEM SER MAIS QUE ELE,PQ VCS NÃO PODERIA SUPORTA SUA IRA.

  7. Vilson Sacchi disse:

    O ser humano dá 1 passo pra frente e 10 pra trás …

  8. Anderson Cunha disse:

    De fato impressionante. Não sei como ainda não resolvemos o problema da fome, poluição, doenças contagiosas, desnível econômico, destruição da natureza e agressão aos animais para consumo humano com tanta sabedoria que temos.
    Só vejo um detalhe faltando neste projeto: o elemento imaterial que existe em todos nós: spiritus!!

  9. Antonio disse:

    Chegará um dia em que as máquinas passarão a pensar como nós, e nós seremos deuses para elas, então elas tentarão entender como nós conseguimos fazer coisas tão complexas, e um dia entenderão. Nesse dia, elas dominarão os humanos, assim como os cientistas tentam dominar o “Deus”. Resumindo, as máquinas farão conosco o que estamos fazendo com Deus, ou seja, a criatura querendo superar o criador!!!

  10. Fernando disse:

    Esse negócio de inclusão de comentários nas notícias deveriam tirar fora. Até hoje não vi comentários decentes em sites de comunicação em massa, só em sites para públicos específicos e realmente interessados. Só aparece ignorante e crente falando. Não tem comentários que agregam ao leitor.

  11. Antonio disse:

    Caro Fernando, pra começar não sou crente e muito menos ignorante, senão não estaria lendo este artigo. Se você não tem um comentário à fazer, simplesmente não comente, apenas leia!!!

  12. Antonio disse:

    Caro Fernando, pra começar não sou crente e muito menos ignorante, senão não estaria lendo este artigo. Se você não tem um comentário à fazer, simplesmente não comente, apenas leia!!!

  13. AL disse:

    esses caras são cientistas da area de informatica e não da medicina ou anatomia………….porque eles deveriam estar estudando outras coisas que não informatica? não faz sentido o que vcs estão dizendo

  14. Osvaldo disse:

    Não fiquem preocupados pessoal, o que eles estão tentando fazer é aprimorar o processamento dos computadores baseado no funcionamento do nosso cérebro, e não tentar substituí-lo ou coisa parecida. É como acontece na nossa vida onde construímos coisas baseadas na vida animal, como aviões baseado nas aves, pé de patos e outras mais …

  15. Caramuru disse:

    O que acham que somos?
    Somos maquinas ! Só que orgânicas! Quando conseguirem reproduzir o cerebro ( e vão conseguir), não importará se ele seja orgânico ou não, terá sentimentos, emoções e até doenças psicologicas.
    Levando em Consideração que nenhum de nós é mentalmente 100% são (por exemplo, falta muito para sermos realmente civilizados e “humanos”) com milhões de anos de evolução, imagine o que pode acontecer com um novo ser… è só pensar em quanto nós já destruimos e o quanto ainda destruimos para chegar a um pouco de civilização e respeito pelos outros seres vivos.

  16. AL disse:

    cara…tem gente que ta boiando na maionese aqui…..nossa…….são simplesmente estudos pra aprimorar a tecnologia e melhorar a vida das pessoas e não tentativa de superar deus ou criar uma guerra estilo matrix………vamo por o pé no chão galera

  17. AL disse:

    cara…tem gente que ta boiando na maionese aqui…..nossa…….são simplesmente estudos pra aprimorar a tecnologia e melhorar a vida das pessoas e não tentativa de superar deus ou criar uma guerra estilo matrix………vamo por o pé no chão galera

  18. Eduardo disse:

    Achei fantástico o artigo.
    Esse é um passo importantíssimo para a inteligência computacional, que apoiará muito os sistemas apoiadores de decisão.
    E, só completando, o que são nossas emoções além de conclusões baseadas em experiências… isso não é um passo tão grande para implementar em uma máquina.

  19. Eduardo disse:

    Achei fantástico o artigo.
    Esse é um passo importantíssimo para a inteligência computacional, que apoiará muito os sistemas apoiadores de decisão.
    E, só completando, o que são nossas emoções além de conclusões baseadas em experiências… isso não é um passo tão grande para implementar em uma máquina.

  20. beni disse:

    Acho que a ciência irá transpor esta barreira naturalmente… e não vai ser tão absurdo quando isto acontecer quanto será esclarecedor. Imaginem a revolução que o computador gerou para as ciências exatas sendo aplicada às ciências humanas. Entender o ser humano resolverá grandes problemas da humanidade. Sera o começo do fim de toda hipocrisia. Deus não sentirá ira e sim orgulho de nós.

  21. Diego disse:

    Com a tecnologia dos japoneses,o cerebro robotico europeu e a vontade dos americanos de criar maquinas de guerra,logo logo teremos exercitos robos,e se bobear,podera acontecer algo parecido com a guerra das maquinas do filme exterminador do futuro…

  22. beni disse:

    Diego… para uma guerra basta a tecnologia matematica que temos. Uma maquina não precisa ter sentimentos para matar. O que é um robo pra você? Ele tem que ser humanoide?…porque já existem as bombas teleguiadas.

  23. Danilo disse:

    Galera,

    peguem leve. O ponto aqui não tem nada a ver com Deus. E não tem ninguém querendo ser um.

    Da mesma forma que conseguimos curar a febre, hoje, porque entendemos o que ela é, poderemos num futuro próximo curar algumas doenças relacionadas ao cérebro se o entendermos.

    Hoje instalamos marca-passos e damos sobre-vida – e felicidade – a pessoas que há 50 anos atrás não tinham esperanças. Aposto que Deus fica muito feliz com isso.

    Da mesma forma que vocês usaram hoje um computador (que, a propósito já foi chamado de cérebro eletrônico) para postar comentários fundamentalistas sobre pesquisas cientificas, quem sabe num futuro poderemos ter ferramentas mais inteligentes para nos ajudar em nossas tarefas profissionais e pessoais…

    A pesquisa que está sendo feita não tem nada a ver com Deus, além da inspiração, do uso da inteligência e curiosidade que Ele nos deu. Se vocês lerem biografias de cientistas, muitas vezes as pequisas deles são verdadeiros tributos à maravilha da criação.

    O que seria uma verdadeira injustiça e egoísmo é não usar as ferramentas que Deus nos deu, como a natureza e a inteligência, para promover o bem-estar e a felicidade do próximo. Mas os fundamentalistas tapam essa visão com seus dogmas.

    []s
    Danilo

  24. Engenheiro disse:

    Todas essas informações são o preludio da Singularidade Computacional.. onde o mundo em que conhecemos nunca mais será o mesmo… onde as máquinas obterão a inteligencia e a criatividade igual ao ser humano….nessa época ou o homem entrará em extinção.. ou irá conseguir tudo o que almejava nesses ultimos milenios e não tinha consenguido ainda.

  25. samir disse:

    Srs,
    por que tanta angustia com a tecnologia ? No aspecto fome, guerra e miséria, eu concordo com vocês (deveríamos estar mais preocupados com isso, sim), no entanto, que a ciência prevaleça no mundo e não os xiitas religiosos hipócritas que vivem num mundo de fantasia onde iludem seus seguidores pra se jogarem contra prédios ou jogam inocentes em fogueiras apenas por que evoluíram.
    Viva a ciência! Viva o conhecimento ! E se alguém não quiser se beneficiar dessa evolução, que voltem para as cavernas. Não sejamos hipócritas e abramos nossas mentes para a as novas tecnologias e façamos bom uso das mesmas.Viva a tecnologia !

  26. samir disse:

    Srs,
    por que tanta angustia com a tecnologia ? No aspecto fome, guerra e miséria, eu concordo com vocês (deveríamos estar mais preocupados com isso, sim), no entanto, que a ciência prevaleça no mundo e não os xiitas religiosos hipócritas que vivem num mundo de fantasia onde iludem seus seguidores pra se jogarem contra prédios ou jogam inocentes em fogueiras apenas por que evoluíram.
    Viva a ciência! Viva o conhecimento ! E se alguém não quiser se beneficiar dessa evolução, que voltem para as cavernas. Não sejamos hipócritas e abramos nossas mentes para a as novas tecnologias e façamos bom uso das mesmas.Viva a tecnologia !

  27. Felipe Ferrary disse:

    Todos Vocês criticam a busca de tecnologia! Porém todos vocês estão sempre munidos de seus celulares de ultima tecnologia seus carros e suas tvs lcd !!
    Logo, antes de criticarem a busca de novas tecnologias, pensem no uso que vocês fazem delas!

  28. Beth disse:

    Olha só que situação hein pessoal…Isso ai será o começo de um chip, que será colocado nas cabeças dos fracos..Pelo qual será chamado ***Sinal da Besta, que está profetizado em Apocalipse. Podem apostar e verá essa realidade muito em breve.

  29. Beth disse:

    Olha só que situação hein pessoal…Isso ai será o começo de um chip, que será colocado nas cabeças dos fracos..Pelo qual será chamado ***Sinal da Besta, que está profetizado em Apocalipse. Podem apostar e verá essa realidade muito em breve.

  30. Tiago disse:

    parece que os filmes de ficção estam se tornando realidade, imaginem o que um super computador com um cerebro como o humano poderia fazer,sera que teriamos controle sobre uma coisa dessas.

  31. Tiago disse:

    parece que os filmes de ficção estam se tornando realidade, imaginem o que um super computador com um cerebro como o humano poderia fazer,sera que teriamos controle sobre uma coisa dessas.

  32. Muito bom. Mas, de que adianta tanta tecnologia se o homem não consegue descobrir ainda cura para doenças como câncer, aidis e outras incuráveis?
    Acho que deveriam gastar o dinheiro para salvar vidas…

  33. Muito bom. Mas, de que adianta tanta tecnologia se o homem não consegue descobrir ainda cura para doenças como câncer, aidis e outras incuráveis?
    Acho que deveriam gastar o dinheiro para salvar vidas…

  34. beni disse:

    Mas o “sinal da besta” tem que ser um implante? Ou pode ser um celular ou um relógio de pulso? Uma prótese dentária pode ser um “sinal da besta”?

  35. beni disse:

    Mas o “sinal da besta” tem que ser um implante? Ou pode ser um celular ou um relógio de pulso? Uma prótese dentária pode ser um “sinal da besta”?

  36. Danilo disse:

    Vejam o comentário da Beth. Perfeito exemplo de comentário fundamentalista que eu citei no meu post anterior.

    Beth,
    O computador que você usou para fazer seu comentário tem a mesma natureza da máquina da Besta que você citou: São apenas transístores alternando suas saídas de 0volts para 5volts (ou algum outro nível) e vice-versa.

    Se a capacidade de processar informações e tomar decisões (é disso que nosso cérebro é feito) criada pelos humanos é coisa do Demônio, te dou uma péssima notícia: você já é adepta! Cuidado para não ser dominada pelo “inimigo”!!!

    Danilo

  37. Danilo disse:

    Vejam o comentário da Beth. Perfeito exemplo de comentário fundamentalista que eu citei no meu post anterior.

    Beth,
    O computador que você usou para fazer seu comentário tem a mesma natureza da máquina da Besta que você citou: São apenas transístores alternando suas saídas de 0volts para 5volts (ou algum outro nível) e vice-versa.

    Se a capacidade de processar informações e tomar decisões (é disso que nosso cérebro é feito) criada pelos humanos é coisa do Demônio, te dou uma péssima notícia: você já é adepta! Cuidado para não ser dominada pelo “inimigo”!!!

    Danilo

  38. Danilo disse:

    Diogo,

    essa é a diferença da pesquisa básica para a aplicada. Enquanto a pesquisa aplicada gera resultados práticos que podem ser usados a curto prazo pela sociedade, ela depende FORTEMENTE da pesquisa básica. Exemplo: Quando estavam pesquisando a estrutura do átomo no século XVIII (18), não existia um uso prático, de curto-prazo para isso. Mas se não tivessem feito essa pesquisa, hoje não teríamos televisão, radiografia, fotografia e a medicina seria capenga, dentre outras conseqüências. A pesquisa aplicada NECESSITA da básica. Uma não existe sem a outra e a outra não faz sentido sem a primeira.

    Toda pesquisa e conhecimento é benéfica e benvinda.

    Danilo

  39. Danilo disse:

    Diogo,

    essa é a diferença da pesquisa básica para a aplicada. Enquanto a pesquisa aplicada gera resultados práticos que podem ser usados a curto prazo pela sociedade, ela depende FORTEMENTE da pesquisa básica. Exemplo: Quando estavam pesquisando a estrutura do átomo no século XVIII (18), não existia um uso prático, de curto-prazo para isso. Mas se não tivessem feito essa pesquisa, hoje não teríamos televisão, radiografia, fotografia e a medicina seria capenga, dentre outras conseqüências. A pesquisa aplicada NECESSITA da básica. Uma não existe sem a outra e a outra não faz sentido sem a primeira.

    Toda pesquisa e conhecimento é benéfica e benvinda.

    Danilo

  40. Danilo disse:

    Correção: Toda pesquisa e conhecimento são benéficos e benvindos.

  41. Danilo disse:

    Correção: Toda pesquisa e conhecimento são benéficos e benvindos.

  42. Oscar Junior disse:

    DEUS está assentado num alto e sublime Trono. O ser humano nunca conseguirá, muito embora tente, compreender as grandezas de um DEUS criador, porque somos criaturas, somos dependentes de um SER superior, enquanto ELE é desde a eternidade. O ser humano tem que se colocar no seu devido lugar.
    Porque DELE, por ELE, para ELE são todas as coisas…somente a ELE, a Glória.

  43. Oscar Junior disse:

    DEUS está assentado num alto e sublime Trono. O ser humano nunca conseguirá, muito embora tente, compreender as grandezas de um DEUS criador, porque somos criaturas, somos dependentes de um SER superior, enquanto ELE é desde a eternidade. O ser humano tem que se colocar no seu devido lugar.
    Porque DELE, por ELE, para ELE são todas as coisas…somente a ELE, a Glória.

  44. bob disse:

    Tudo vira bosta

    O ovo frito, o caviar e o cozido
    A buchada e o cabrito
    O cinzento e o colorido
    A ditadura e o oprimido
    O prometido e não cumprido
    E o programa do partido
    Tudo vira bosta…

    O vinho branco, a cachaça, o chope escuro
    O herói e o dedo-duro
    O grafite lá no muro
    Seu cartão e seu seguro
    Quem cobrou ou pagou juro
    Meu passado e meu futuro
    Tudo vira bosta…

    Um dia depois
    Não me vire as costas
    Salvemos nós dois
    Tudo vira bosta…

    Filé ‘minhão’, ‘champinhão’, ‘Don Perrinhão’
    Salsichão, arroz, feijão
    Mulçumano e cristão
    A Mercedes e o Fuscão
    A patroa do patrão
    Meu salário e meu tesão
    Tudo vira bosta…

    O pão-de-ló, brevidade da vovó
    O fondue, o mocotó
    Pavaroti, Xororó
    Minha Eguinha Pocotó
    Ninguém vai escapar do pó
    Sua boca e seu loló
    Tudo vira bosta…

    Um dia depois
    Não me vire as costas
    Salvemos nós dois
    Tudo vira bosta…

    A rabada, o tutu, o frango assado
    O jiló e o quiabo
    Prostituta e deputado
    A virtude e o pecado
    Esse governo e o passado
    Vai você que eu ‘tô cansado’
    Tudo vira bosta…

    Um dia depois
    Não me vire as costas
    Salvemos nós dois
    Tudo vira bosta…

    Tudo vira bosta…

  45. bob disse:

    Tudo vira bosta

    O ovo frito, o caviar e o cozido
    A buchada e o cabrito
    O cinzento e o colorido
    A ditadura e o oprimido
    O prometido e não cumprido
    E o programa do partido
    Tudo vira bosta…

    O vinho branco, a cachaça, o chope escuro
    O herói e o dedo-duro
    O grafite lá no muro
    Seu cartão e seu seguro
    Quem cobrou ou pagou juro
    Meu passado e meu futuro
    Tudo vira bosta…

    Um dia depois
    Não me vire as costas
    Salvemos nós dois
    Tudo vira bosta…

    Filé ‘minhão’, ‘champinhão’, ‘Don Perrinhão’
    Salsichão, arroz, feijão
    Mulçumano e cristão
    A Mercedes e o Fuscão
    A patroa do patrão
    Meu salário e meu tesão
    Tudo vira bosta…

    O pão-de-ló, brevidade da vovó
    O fondue, o mocotó
    Pavaroti, Xororó
    Minha Eguinha Pocotó
    Ninguém vai escapar do pó
    Sua boca e seu loló
    Tudo vira bosta…

    Um dia depois
    Não me vire as costas
    Salvemos nós dois
    Tudo vira bosta…

    A rabada, o tutu, o frango assado
    O jiló e o quiabo
    Prostituta e deputado
    A virtude e o pecado
    Esse governo e o passado
    Vai você que eu ‘tô cansado’
    Tudo vira bosta…

    Um dia depois
    Não me vire as costas
    Salvemos nós dois
    Tudo vira bosta…

    Tudo vira bosta…

  46. Ivan disse:

    Se não fosse a tecnologia poderiamos estar extintos.

  47. fagner disse:

    Todas essas pesquisas são fundamentais para nossa evolução, fome, miséria, violência, etc, isso sempre existiu e se não fossem essas novas pesquisas e desafios não estariamos onde estamos. Muitos não veêm mas hoje a técnologia é muito usada no combate a pobreza, violência….

    Nós estamos em um país de 3º mundo, somos os últimos a conhecer a técnologia, paises mais desenvolvidos já utilizam-na, mas não nos assustemos, essa técnologia um dia chegará aqui….

  48. fagner disse:

    Todas essas pesquisas são fundamentais para nossa evolução, fome, miséria, violência, etc, isso sempre existiu e se não fossem essas novas pesquisas e desafios não estariamos onde estamos. Muitos não veêm mas hoje a técnologia é muito usada no combate a pobreza, violência….

    Nós estamos em um país de 3º mundo, somos os últimos a conhecer a técnologia, paises mais desenvolvidos já utilizam-na, mas não nos assustemos, essa técnologia um dia chegará aqui….

  49. roberto disse:

    biblia : a ciencia se multiplicará e o amor de muitos esfriará

  50. roberto disse:

    biblia : a ciencia se multiplicará e o amor de muitos esfriará

  51. aurelio disse:

    Acho que isso e o futuro todos faram parte disso como acontece hoje emdia não importa os milhoes que gastam nisso ou em outras coisa pois imagine se a pessoa que enventou o computador não gastase dinheiro para contruir por medo de crise ou de nao dar certo ou a tv radio aviao e etc ninguem taria dechando seu depoimento aqui e teria as falicidades que hoje temos .hoje temos equipamentos medicos que custao milhoes e cutaram mais milhoes para enventar e salvao vidas pensem nisso .

  52. aurelio disse:

    Acho que isso e o futuro todos faram parte disso como acontece hoje emdia não importa os milhoes que gastam nisso ou em outras coisa pois imagine se a pessoa que enventou o computador não gastase dinheiro para contruir por medo de crise ou de nao dar certo ou a tv radio aviao e etc ninguem taria dechando seu depoimento aqui e teria as falicidades que hoje temos .hoje temos equipamentos medicos que custao milhoes e cutaram mais milhoes para enventar e salvao vidas pensem nisso .

  53. Danilo disse:

    Roberto,

    A ciência se multiplicará e permitirá o amor de muitos, que não teriam chance de amar sem ela.

    Danilo

  54. Danilo disse:

    Roberto,

    A ciência se multiplicará e permitirá o amor de muitos, que não teriam chance de amar sem ela.

    Danilo

  55. ademir disse:

    E parece que o homem sabe alguma coisa ,que nada ele so vive aqui na terra ,e esse espaço pequeno e sem saida pra otra estrela ou universso .por que eles nao gastam esse dinhero em matar fome ou em facinas pra doenças que matam tanto gente sem direito a um medico o a um hospital.a que bom seria tu morrer e dai eles colocarem um cerebro eletronico e voce voltria a viver .sem graça isso nao acha.Deus nos criou para viver e morrer.

  56. Jonny disse:

    Amigos, DEUS não existe, isso é obvio, e nesta ideia de algo divino mora apenas o apelo paterno, um apoio para os pobre humanos que acham nesta figura um ponte de segurança. Não sabe explicar, é pq existe Deus, não tema a morte, Deus é esta lá para cuidar de ti, o homem não pode saber de tudo, apenas Deus sabe. Parem, e pensem, suas angustias e medos estão nesta figura criada quando a ciencia nem sequer caminhava, é tão facil acreditar em algo de tal proporção.

    Demais o artigo foi ótimo, porem este assunto sempre vai esbarrar na ciencia cognitiva do ponto de vista psicologico. Não importão quão rapido seja seu processador, vc emprega nele meios matematicos para classificação de padrões e tomadas de decisão baseados em conjuntos de valores usados para treinar redes neurais, conceitos que de longe suprem a coisa mais espetacular do ser humano: a imaginação. Esta é marcada as vezes por questões sem lógica (imagine um elefante rosa de tromba azul) e estas são coisas não simuladas hoje por redes neurais artificiais, não existe a predisposição para momentos aleatórios de pensamentos irreais, e tão pouco escolhas de decisão baseadas em intuição. Neste ponto, a ciencia ainda tem muito que avançar.

  57. AAC disse:

    seu cérebro, eletrônico?
    Tags:cérebro, cérebro eletrônico, roadrunner, simulação, supercomputadores – srlm às 00:08
    cientistas de quinze instituições em sete países europeus estão trabalhando para criar o que chamam de “cérebro num chip”, uma máquina –a longo prazo- capaz de reproduzir o funcionamento de um cérebro humano a partir de suas características primárias.

    não se trata de um desafio menor. um cérebro humano adulto contém cerca de 100 bilhões de neurônios, que podem ser tratados como unidades fundamentais de armazenamento e processamento de informação. e o número de conexões [as sinapses] entre os neurônios é gigantesco: estima-se que um cérebro humano adulto tenha entre 100 e 500 trilhões delas.

    se formos comparar, o supercomputador mais rápido do mundo, o IBM roadrunner, tem “apenas” 129.600 processadores, interligados por míseras 10.000 conexões, intermediadas por quase cem quilômetros de fibra ótica. a máquina, usada pelo governo americano, é capaz de realizar mais de um quatrilhão de operações de cálculo por segundo. se a população da terra, munida de calculadoras, fizesse um cálculo por segundo por pessoa, levaríamos [em conjunto] 46 anos pra fazer as contas que roadrunner faz num único dia.

    isso quer dizer que roadrunner é muito rápido pra calcular e que nós somos muito lentos neste particular. mas nosso cérebro é capaz de feitos muito mais radicais do que qualquer computador atual. que tal ouvir música, falar ao telefone, ver e ouvir TV, andar e comer, tudo ao mesmo tempo, sem deixar de admirar a lua na janela… estima-se que aqueles 100 bilhões de neurônios de que falamos sejam, em conjunto, 10.000 vezes mais rápidos do que um roadrunner.

    acontece que a capacidade dos supercomputadores vem aumentando a taxas superiores a 1.000 vezes por década, e dá pra prever que o primeiro supercomputador capaz de realizar uma simulação completa de um cérebro humano em tempo real [cada segundo de simulação corresponde a um segundo de realidade] estará por aqui em 2018. se você quiser comprar um, prepare-se pra desembolsar de cem a duzentos milhões de dólares.

    a rota que uma rede de cientistas europeus está trilhando é outra: o projeto [FACETS, Fast Analog Computing with Emergent Transient States] almeja construir um cérebro, literalmente, “eletrônico”. a primeira versão, que já está pronta e funcionando, é mero brinquedo: são apenas 300 neurônios e parcas 500.000 sinapses em um único chip. apesar de bastante limitado, os componentes eletrônicos envolvidos são 100.000 vezes mais rápidos do que seus equivalentes biológicos no cérebro. isso torna possível, em tese, simular um dia inteiro em um segundo.

    a próxima fase do projeto FACETS tem por objetivo usar um wafer [disco onde são construídos os circuitos integrados] de 20cm de diâmetro para implementar 200.000 neurônios e 50 milhões de sinapses, reunindo todas as recentes descobertas da neurociência em um único pacote. espera-se que os computadores “neurais” estejam no mercado dentro de meia década, mas nem pense –ainda- em trocar seu cérebro por um deles.

    o primeiro uso de tal capacidade de processamento talvez seja como co-processador em computadores pessoais, para auxiliar humanos em tarefas outras que não cálculo matemático puro e simples. se o problema é calcular, máquinas como roadrunner podem até continuar imbatíveis. mas nem tudo na vida é cálculo. computadores neurais –ou, quem sabe, “cérebros eletrônicos”- serão usados para entender e participar –conosco- de situações complexas, como perguntar, entender e explicar [conceitos, lugares,…], participar de conversações, auxiliar na tomada de decisões nos negócios… tentar controlar nossos medos, afinal, fazer o que nossos próprios cérebros fazem. incluindo, claro, escrever e comentar blogs!…

    o esforço do projeto FACETS não é único e pouco menos a única forma de tentar resolver o problema de simulação completa de um cérebro humano. para saber como os suícos da EPFL estão tratando o assunto no projeto blue brain, usando um parente distante e bem menos capaz do roadrunner, clique aqui.

    para ver como o problema maior, entender o cérebro humano e construir equivalentes artificiais, é importante e relevante, vá ver um post deste blog, de outubro do ano passado, onde se reporta que a darpa, agência americana de projetos de defesa, resolveu colocar, como primeiro da sua lista de 23 problemas mais importantes do século… desenvolver uma teoria matemática que leve à construção de um modelo do cérebro [humano] que seja matematicamente consistente e preditivo, ao invés de meramente inspirado em biologia…

    para saber mais sobre o cérebro, veja o post deste link, neste blog, onde se concluia que…

    nosso conhecimento sobre a parte do corpo que realmente nos move ainda é extremamente primário; nas próximas décadas, saberemos muito mais sobre como o cérebro, de fato, funciona. e teremos uma capacidade muito maior e mais precisa para resolver seus problemas, quando ocorrerem. e talvez para construir artefatos que se comportem como se tivessem, digamos, um “cérebro” como o nosso.

    alguns sistemas nem tão primários já estão sendo testados em laboratório [veja aqui e aqui] e os resultados são muito interessantes. o objetivo último deste tipo de esforço é construir um sistema artificial consciente, o que gerald edelman considera que seria a notícia mais fantástica de todos os tempos, talvez perdendo em interesse apenas para mensagens de [ou encontros com] extra-terrestres

    ao mesmo tempo, e à medida em que as tecnologias associadas começarem a emergir, vamos poder alterar o cérebro, aqui e ali, para tentar fazer com que ele faça coisas de que não é capaz hoje [e não faça outras que julgarmos “desnecessárias”]. e é aí que moram a oportunidade o perigo: reprogramar cérebros, alterando o pool de proteínas das conexões neuronais, por exemplo, não é algo trivial e de conseqüências triviais. mas será possível e, sendo possível, será feito. quem viver verá.

  58. AAC disse:

    seu cérebro, eletrônico?
    Tags:cérebro, cérebro eletrônico, roadrunner, simulação, supercomputadores – srlm às 00:08
    cientistas de quinze instituições em sete países europeus estão trabalhando para criar o que chamam de “cérebro num chip”, uma máquina –a longo prazo- capaz de reproduzir o funcionamento de um cérebro humano a partir de suas características primárias.

    não se trata de um desafio menor. um cérebro humano adulto contém cerca de 100 bilhões de neurônios, que podem ser tratados como unidades fundamentais de armazenamento e processamento de informação. e o número de conexões [as sinapses] entre os neurônios é gigantesco: estima-se que um cérebro humano adulto tenha entre 100 e 500 trilhões delas.

    se formos comparar, o supercomputador mais rápido do mundo, o IBM roadrunner, tem “apenas” 129.600 processadores, interligados por míseras 10.000 conexões, intermediadas por quase cem quilômetros de fibra ótica. a máquina, usada pelo governo americano, é capaz de realizar mais de um quatrilhão de operações de cálculo por segundo. se a população da terra, munida de calculadoras, fizesse um cálculo por segundo por pessoa, levaríamos [em conjunto] 46 anos pra fazer as contas que roadrunner faz num único dia.

    isso quer dizer que roadrunner é muito rápido pra calcular e que nós somos muito lentos neste particular. mas nosso cérebro é capaz de feitos muito mais radicais do que qualquer computador atual. que tal ouvir música, falar ao telefone, ver e ouvir TV, andar e comer, tudo ao mesmo tempo, sem deixar de admirar a lua na janela… estima-se que aqueles 100 bilhões de neurônios de que falamos sejam, em conjunto, 10.000 vezes mais rápidos do que um roadrunner.

    acontece que a capacidade dos supercomputadores vem aumentando a taxas superiores a 1.000 vezes por década, e dá pra prever que o primeiro supercomputador capaz de realizar uma simulação completa de um cérebro humano em tempo real [cada segundo de simulação corresponde a um segundo de realidade] estará por aqui em 2018. se você quiser comprar um, prepare-se pra desembolsar de cem a duzentos milhões de dólares.

    a rota que uma rede de cientistas europeus está trilhando é outra: o projeto [FACETS, Fast Analog Computing with Emergent Transient States] almeja construir um cérebro, literalmente, “eletrônico”. a primeira versão, que já está pronta e funcionando, é mero brinquedo: são apenas 300 neurônios e parcas 500.000 sinapses em um único chip. apesar de bastante limitado, os componentes eletrônicos envolvidos são 100.000 vezes mais rápidos do que seus equivalentes biológicos no cérebro. isso torna possível, em tese, simular um dia inteiro em um segundo.

    a próxima fase do projeto FACETS tem por objetivo usar um wafer [disco onde são construídos os circuitos integrados] de 20cm de diâmetro para implementar 200.000 neurônios e 50 milhões de sinapses, reunindo todas as recentes descobertas da neurociência em um único pacote. espera-se que os computadores “neurais” estejam no mercado dentro de meia década, mas nem pense –ainda- em trocar seu cérebro por um deles.

    o primeiro uso de tal capacidade de processamento talvez seja como co-processador em computadores pessoais, para auxiliar humanos em tarefas outras que não cálculo matemático puro e simples. se o problema é calcular, máquinas como roadrunner podem até continuar imbatíveis. mas nem tudo na vida é cálculo. computadores neurais –ou, quem sabe, “cérebros eletrônicos”- serão usados para entender e participar –conosco- de situações complexas, como perguntar, entender e explicar [conceitos, lugares,…], participar de conversações, auxiliar na tomada de decisões nos negócios… tentar controlar nossos medos, afinal, fazer o que nossos próprios cérebros fazem. incluindo, claro, escrever e comentar blogs!…

    o esforço do projeto FACETS não é único e pouco menos a única forma de tentar resolver o problema de simulação completa de um cérebro humano. para saber como os suícos da EPFL estão tratando o assunto no projeto blue brain, usando um parente distante e bem menos capaz do roadrunner, clique aqui.

    para ver como o problema maior, entender o cérebro humano e construir equivalentes artificiais, é importante e relevante, vá ver um post deste blog, de outubro do ano passado, onde se reporta que a darpa, agência americana de projetos de defesa, resolveu colocar, como primeiro da sua lista de 23 problemas mais importantes do século… desenvolver uma teoria matemática que leve à construção de um modelo do cérebro [humano] que seja matematicamente consistente e preditivo, ao invés de meramente inspirado em biologia…

    para saber mais sobre o cérebro, veja o post deste link, neste blog, onde se concluia que…

    nosso conhecimento sobre a parte do corpo que realmente nos move ainda é extremamente primário; nas próximas décadas, saberemos muito mais sobre como o cérebro, de fato, funciona. e teremos uma capacidade muito maior e mais precisa para resolver seus problemas, quando ocorrerem. e talvez para construir artefatos que se comportem como se tivessem, digamos, um “cérebro” como o nosso.

    alguns sistemas nem tão primários já estão sendo testados em laboratório [veja aqui e aqui] e os resultados são muito interessantes. o objetivo último deste tipo de esforço é construir um sistema artificial consciente, o que gerald edelman considera que seria a notícia mais fantástica de todos os tempos, talvez perdendo em interesse apenas para mensagens de [ou encontros com] extra-terrestres

    ao mesmo tempo, e à medida em que as tecnologias associadas começarem a emergir, vamos poder alterar o cérebro, aqui e ali, para tentar fazer com que ele faça coisas de que não é capaz hoje [e não faça outras que julgarmos “desnecessárias”]. e é aí que moram a oportunidade o perigo: reprogramar cérebros, alterando o pool de proteínas das conexões neuronais, por exemplo, não é algo trivial e de conseqüências triviais. mas será possível e, sendo possível, será feito. quem viver verá.

  59. richard disse:

    eu acho q esses cientistas nunca leram a biblia….. essas coisas so acabaram com a raça humana.

  60. thalita disse:

    isso e um absurdo,fazer maquinas pensar como humanos essa tecnologia e ridcula vai chegar um certo tempo que o mundo tera mais maquinas do humanos.
    maquinas tem que agir como maquinas e fazer serviços de maquinas e nao pensar como humanos e agir como humanos.daqui a pouco vao enventar uma forma dos humanos se relacionarem com as maquinas rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    obrigada e ate mais!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  61. thalita disse:

    isso e um absurdo,fazer maquinas pensar como humanos essa tecnologia e ridcula vai chegar um certo tempo que o mundo tera mais maquinas do humanos.
    maquinas tem que agir como maquinas e fazer serviços de maquinas e nao pensar como humanos e agir como humanos.daqui a pouco vao enventar uma forma dos humanos se relacionarem com as maquinas rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    obrigada e ate mais!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  62. Danilo disse:

    Jonny,

    Ótimo post, embora eu acredite em Deus.

    Richard,

    Muitos cientistas conhecem a bíblia melhor que muitos ditos “crentes”. Cuidado com declarações levianas e “achismos”. Elas só testemunham contra o seu crédito.

    Danilo.

  63. Amauri nehn disse:

    Tudo isto é perca de tempo e dinheiro! Do quê vale ter todas as lembraças gravada em um chip idiota, ser mais rápido no raciocinio, pra quê fazer contas mais rápidas com velocidade impressionante? Sendo que cada vez mais ganhamos pouco e trabalhamos menos. Se o fato de ser inteligente fosse vantagem não teriam tantos ricos burros que gastão seus dinheiros com futilidades. Dando milhões em uma garrafa de bebida, em um relógio que tem ponteiros iguais a qualquer outro. Besteira! Deviam se preocupar com coisas mais importantes que acontecem no mundo, como a fome e a pobreza que esta aumentando cada vez mais…
    This is loss of time and money! What applies to all recorded on a chip lembraças idiot, be faster on the reasoning, for what to do with accounts faster speed? Being increasingly gained little and work less. If the fact of being smart is no advantage to have so many rich donkeys Gastão froth with their money. Million in giving a bottle to drink on a clock that has hands like any other. Bullshit! They should worry about more important things happening in the world, such as hunger and poverty that increasing …

  64. Amauri nehn disse:

    Tudo isto é perca de tempo e dinheiro! Do quê vale ter todas as lembraças gravada em um chip idiota, ser mais rápido no raciocinio, pra quê fazer contas mais rápidas com velocidade impressionante? Sendo que cada vez mais ganhamos pouco e trabalhamos menos. Se o fato de ser inteligente fosse vantagem não teriam tantos ricos burros que gastão seus dinheiros com futilidades. Dando milhões em uma garrafa de bebida, em um relógio que tem ponteiros iguais a qualquer outro. Besteira! Deviam se preocupar com coisas mais importantes que acontecem no mundo, como a fome e a pobreza que esta aumentando cada vez mais…
    This is loss of time and money! What applies to all recorded on a chip lembraças idiot, be faster on the reasoning, for what to do with accounts faster speed? Being increasingly gained little and work less. If the fact of being smart is no advantage to have so many rich donkeys Gastão froth with their money. Million in giving a bottle to drink on a clock that has hands like any other. Bullshit! They should worry about more important things happening in the world, such as hunger and poverty that increasing …

  65. ismael disse:

    Viva a ignorancia teista, sempre freando a evolução.

    É óbvio que a tecnologia se desenvolverá cada vez mais, depende de nós usá-la ou passarmos a ser usados por ela ou até mesmo descartados por ela.

  66. ismael disse:

    Viva a ignorancia teista, sempre freando a evolução.

    É óbvio que a tecnologia se desenvolverá cada vez mais, depende de nós usá-la ou passarmos a ser usados por ela ou até mesmo descartados por ela.

  67. Beth disse:

    Danilo, o sinal da Besta será implantado na testa ou na mão, por esse motivo, ainda acho que o computador ou celular ou algo do genêro…não faz parte deste sinal. Mas acredito que estão tentando chegar lá…

  68. Beth disse:

    Danilo, o sinal da Besta será implantado na testa ou na mão, por esse motivo, ainda acho que o computador ou celular ou algo do genêro…não faz parte deste sinal. Mas acredito que estão tentando chegar lá…

  69. Ramon disse:

    “Deus” ????? vcs se acham mesmo … atualmente nem uma porcaria de garbage collector (java) tem eficiencia… ai ficam viajando com essas coisas… vai crescer… depois quem sabe um dia quando nao for preciso de um monte de maquinas do tamanho de uma sala para simular nosso sistema digestivo para gerar “bosta” na integra, ai quem sabe podemos falar em “Deus”… por enquanto.. somos miseros graos de areia no universo e uma raca que trabalho com ou um virus inutil e devastador no orgao chamado Terra !!! se toca e vao estudar mais e falar menos.

  70. Ramon disse:

    “Deus” ????? vcs se acham mesmo … atualmente nem uma porcaria de garbage collector (java) tem eficiencia… ai ficam viajando com essas coisas… vai crescer… depois quem sabe um dia quando nao for preciso de um monte de maquinas do tamanho de uma sala para simular nosso sistema digestivo para gerar “bosta” na integra, ai quem sabe podemos falar em “Deus”… por enquanto.. somos miseros graos de areia no universo e uma raca que trabalho com ou um virus inutil e devastador no orgao chamado Terra !!! se toca e vao estudar mais e falar menos.

  71. Waldomiro disse:

    Essa discussão deixa claro que os humanos são divididos em duas classes:
    Uma que vive para aprender…. e asim evolui
    Outra que vive para fazer 3 refeições diarias…. e assim acaba extinta como os dinossauros

  72. Waldomiro disse:

    Essa discussão deixa claro que os humanos são divididos em duas classes:
    Uma que vive para aprender…. e asim evolui
    Outra que vive para fazer 3 refeições diarias…. e assim acaba extinta como os dinossauros

  73. beni disse:

    Beth, eu acho que você não percebe que usamos maquinas para nos locomover (carros, elevadores, etc), maquinas para nos comunicar ( TV, celular), maquinas para ver (TV, computador), maquinas para ouvir (radio, mp3), maquinas para praticamente todas as nossas tarefas diárias. O grande diferencial humano é justamente a sua capacidade de perceber uma ferramenta como extensão do seu corpo. Já somos em grande parte ciborgs. Se é para ter uma “marca da besta” nas mãos olhe para o teclado e o mouse na ponta dos seus dedos.

  74. Mayra Meira disse:

    Ê, eu quero um cérebro que não deixe eu esquecer das coisas!
    Será que esses novos cérebros eletrônicos vão ter que ir ao psicólogo? hahaha

    E nos concursos públicos… A pessoa só terá que programar um chip com os assuntos da prova, inserir (não sei como) no cérebro e pronto: aprovado no concurso!

  75. ernandes e silva disse:

    muitas pessoas estão neste exato momento morrendo de fome,adultos,crianças,velhos se toda essa sabedoria e esse desperdicio de dinheiro fosse investido contra todos esses males seria muito mais valido

  76. Will Moura disse:

    Que conceito interessante, ainda não havia ouvido falar sobre ele