MENU

Escrito por • 28/04/2009

terça é dia de alpha

stephen wolfram, o gênio milionário por trás da wolfram research e do software mathematica, vai apresentar sua máquina de respostas [em oposição a buscas] na web, o wolfram alpha [ainda em beta fechado], no berkman center de harvard, às cinco da tarde desta terça, hora de brasília. o evento será webcasted neste link.

image

wolfram descarta a competição entre máquinas de busca, como google e live search, e alpha, sua máquina de respostas. as primeiras varrem a web e compilam o melhor conjunto de páginas que atende a algum requisito, como search engines, por exemplo. alpha, por outro lado, responde a perguntas diretas e objetivas usando um engenho computacional que entrega respostas [supostamente] ótimas dentro de certas condições. ao invés de busca, a máquina de wolfram é um computational knowledge engine, ou uma máquina de conhecimento computacional.

vale a pena ver? para ajudar você a decidir, um pouco de história e contexto. em 1988, wolfram publicou um software que viria a revolucionar o estudo, ensino e uso de matemática, que vem a ser o tal mathematica, base de sua fortuna atual. o programa, inicialmente um engenho limitado de cálculo integral e diferencial contínuo, está na versão sete e faz, automaticamente, o que muita gente pensou que seria impossível realizar sem um cérebro humano por trás. além de cálculo contínuo e discreto, mathematica pode ser usado para modelagem, simulação, processamento e visualização de imagens e mais um monte de coisas que deixaram newton e leibniz, inventores do cálculo, verdadeiramente impressionados. dê uma olhada neste cálculo integral online e nestas demonstrações, pra ter uma idéia da sofisticação da coisa… abaixo, um exemplo de integral e seu gráfico, computado e visualizado por mathematica.

image

em 2002, wolfram lançou um livro que deveria mudar a história da computação, chamado a new kind of science, ou simplesmente NKS, cujas quase mil páginas estão online, na íntegra, neste link. NKS não é para os fracos de coração e gerou muita controvérsia por insistir na idéia de que toda a computação –e, em última análise, toda a ciência e natureza ao nosso redor- está fundamentada em máquinas [abstratas] muito simples chamadas autômatos celulares, dos quais o jogo da vida é um exemplo muito simples.

por baixo de alpha está a base de mathematica e uma infraestrutura de autômatos celulares como a descrita em NKS. alpha contém modelos formais de quase tudo que a gente sabe, para tentar construir uma representação –tão fiel quanto possível- de nosso conhecimento sobre o mundo. e isso inclui matemática, computação, física, química, biologia, previsão de tempo, culinária, negócios, viagens, pessoas, música…

a interação com alpha é baseada em linguagem natural [só inglês no lançamento, em maio] e você pode fazer perguntas diretamente, como "integrate x^3 sin^2 x dx" ou "uncle’s uncle’s brother’s son". a primeira tem como resposta algo que parece muito com a saída de mathematica para a mesma questão e a segunda vem com uma árvore genealógica completa descrevendo os laços de sangue que levam ao parentesco.

aí tem coisa: alpha pode ser, para conhecimento formal, o que google é para conhecimento informal. no último, a relevância da resposta é decidida por um conjunto de heurísticas que inclui descobrir o quanto outras páginas, na web, acham que uma certa página é relevante para um conjunto de palavras chave. no primeiro, uma pergunta é respondida por um sistema formal que parte de uma ampla gama de respostas pré-computadas, uma quantidade muito grande de dados e fatos e um conjunto integrado de sistemas formais de computação, dedução e inferência. google encontra páginas; alpha [quer] computar respostas. duas classes de sistemas, para dois [ou mais] usos distintos. a prática, é claro, decidirá quem vai usar qual deles para quais fins…

alpha, no momento, é um sistema de informação baseado em cinco milhões de linhas de código escrito em mathematica e roda sobre algumas [poucas, pelo que se sabe] dezenas de milhares de cpus [contra muitas centenas de milhares, indo para milhões] de google. vamos ver no que vai dar. eu vou ver a demo. encontro vocês lá.

Artigos relacionados

0 Responses to terça é dia de alpha

  1. Eduardo disse:

    Massacre da língua portuguesa…

  2. Eduardo disse:

    Massacre da língua portuguesa…

  3. Marcos disse:

    Vou deixar apenas um comentário sobre a forma como foi escrito o artigo. Frases e nomes próprios, iniciam-se sempre com letras maiúsculas.

  4. Marcos disse:

    Vou deixar apenas um comentário sobre a forma como foi escrito o artigo. Frases e nomes próprios, iniciam-se sempre com letras maiúsculas.

  5. bruno disse:

    será que até que enfim alguém vai fazer algo de fato interessante no campo da web semântica? Daqui a algumas horas saberemos.

  6. bruno disse:

    será que até que enfim alguém vai fazer algo de fato interessante no campo da web semântica? Daqui a algumas horas saberemos.

  7. JP disse:

    Muito interessante, porém não ficou claro a máquina de estados que eles utilizam? Existe automatos finitos já desenvolvidos para as maiorias das respostas?

  8. JP disse:

    Muito interessante, porém não ficou claro a máquina de estados que eles utilizam? Existe automatos finitos já desenvolvidos para as maiorias das respostas?

  9. Henrique disse:

    o mathematica ajudou muitos estudantes com os trabalhinhos dados de mãos beijadas hahaha… vamos ver como esse alpha vai se sair nas outras áreas! espero ansioso, e curioso…

    ps: quem reclamou da grafia 1) não entendeu o texto 2) não sabe interpretar as entrelinhas… um blog sobre web, tecnologia… enfim, melhor não falar nada.

  10. Henrique disse:

    o mathematica ajudou muitos estudantes com os trabalhinhos dados de mãos beijadas hahaha… vamos ver como esse alpha vai se sair nas outras áreas! espero ansioso, e curioso…

    ps: quem reclamou da grafia 1) não entendeu o texto 2) não sabe interpretar as entrelinhas… um blog sobre web, tecnologia… enfim, melhor não falar nada.

  11. FABIANO disse:

    Meu amigo, na frase “abaixo, um exemplo de integral e seu gráfico, computado e visualizado por mathematica.” o gráfico nao é o da integral e sim um um gráfico da função seno ((3/2)*x)^2. Em si esse gráfico para efeitos de plotagem poderia ter sido feito mais simplicado, bem como a avaliação da inegral está incompleta, faltando valores, que afinal é forte do software. Em si para a publicação dessa matéria sobre um software de tamanha importância deverria haver um maior conhecemento por parte da redação, para não cometer tamanhos equivocos. Se estiver errado me corrijam por favor.

  12. FABIANO disse:

    Meu amigo, na frase “abaixo, um exemplo de integral e seu gráfico, computado e visualizado por mathematica.” o gráfico nao é o da integral e sim um um gráfico da função seno ((3/2)*x)^2. Em si esse gráfico para efeitos de plotagem poderia ter sido feito mais simplicado, bem como a avaliação da inegral está incompleta, faltando valores, que afinal é forte do software. Em si para a publicação dessa matéria sobre um software de tamanha importância deverria haver um maior conhecemento por parte da redação, para não cometer tamanhos equivocos. Se estiver errado me corrijam por favor.

  13. Gaúcha disse:

    Foi decretada a anulação das letras maiúsculas na Língua Portiguesa?
    Em um veículo de comunicação, o cuidado com a escrita devria ser primoroso. Ou vamos arrumar mais uma maneira de reafirmar o “internetês”?

  14. Gaúcha disse:

    Foi decretada a anulação das letras maiúsculas na Língua Portiguesa?
    Em um veículo de comunicação, o cuidado com a escrita devria ser primoroso. Ou vamos arrumar mais uma maneira de reafirmar o “internetês”?

  15. Áureo Santos da Silveira disse:

    Falta de surra.Vai faze café pras visitas.Nao tem grama pra capina.

  16. Áureo Santos da Silveira disse:

    Falta de surra.Vai faze café pras visitas.Nao tem grama pra capina.

  17. Túlio Monegatto Tonheiro disse:

    Bom minha gente, a notícia parece ser ótima. Cada vez mais melhores ferramentas para se trabalhar… Vamos ver… Espero que não seja fogo de palha como foram muitos projetos de inteligência artificial de antigamente…

    Quanto ao texto, quem se ateve a tão mero detalhe, não tenho muito o que comentar senão que vocês realmente não entenderam muito bem a proposta, ou simplesmente não sabem relaxar. Detalhe que nome próprio não inicia sempre com letra maiúscula. Ele se escreve da forma que a pessoa que o der achar melhor (conforme o registro), e se lê na fonética que o dono achar correto. Não há regras nesse aspecto. Quem pensa naquela “regra geral” até hoje tem que tirar a cabeça da quarta série e estudar um pouco mais… Ou sintam-se livres para tirar acentos de seus nomes próprios com a nova regra gramatical.

  18. Túlio Monegatto Tonheiro disse:

    Bom minha gente, a notícia parece ser ótima. Cada vez mais melhores ferramentas para se trabalhar… Vamos ver… Espero que não seja fogo de palha como foram muitos projetos de inteligência artificial de antigamente…

    Quanto ao texto, quem se ateve a tão mero detalhe, não tenho muito o que comentar senão que vocês realmente não entenderam muito bem a proposta, ou simplesmente não sabem relaxar. Detalhe que nome próprio não inicia sempre com letra maiúscula. Ele se escreve da forma que a pessoa que o der achar melhor (conforme o registro), e se lê na fonética que o dono achar correto. Não há regras nesse aspecto. Quem pensa naquela “regra geral” até hoje tem que tirar a cabeça da quarta série e estudar um pouco mais… Ou sintam-se livres para tirar acentos de seus nomes próprios com a nova regra gramatical.

  19. zé bob disse:

    bit a bit, vai ficando tudo escrito errado!

  20. zé bob disse:

    bit a bit, vai ficando tudo escrito errado!

  21. Barack Obama disse:

    Eu uso maiúsculas!
    Podemos escrever corretamente!
    Yes, we can!

  22. Barack Obama disse:

    Eu uso maiúsculas!
    Podemos escrever corretamente!
    Yes, we can!

  23. mariana calado disse:

    nussa genten
    o importante naum eh o tamanho da letra, eh como vc usa ela pra te dar prazer tá?
    bjo

  24. mariana calado disse:

    nussa genten
    o importante naum eh o tamanho da letra, eh como vc usa ela pra te dar prazer tá?
    bjo

  25. Seu Creysson disse:

    estio artiguio devio estario falandio di coisias muitio breguias!

  26. Seu Creysson disse:

    estio artiguio devio estario falandio di coisias muitio breguias!

  27. Rafael disse:

    lá vem esse bando de fela da pxta encher o saco do prof 🙂

  28. Rafael disse:

    lá vem esse bando de fela da pxta encher o saco do prof 🙂

  29. Caio disse:

    marcos e eduardo, voces nao tem nada mais pra fazer na vida nao?
    Voce entendeu nao foi?
    Entao tira o q tem de bom meu caro e segue a vida…
    Voce podia nem ter ficado sabendo…
    E duvido mto que o portugues de vcs seja algo realmente diferenciado e preciso.
    Decepcionante ler isso…
    —————-
    Silvio Meira,
    PARABENS PELO ARTIGO E PUBLICACAO!!!
    Abs

  30. Caio disse:

    marcos e eduardo, voces nao tem nada mais pra fazer na vida nao?
    Voce entendeu nao foi?
    Entao tira o q tem de bom meu caro e segue a vida…
    Voce podia nem ter ficado sabendo…
    E duvido mto que o portugues de vcs seja algo realmente diferenciado e preciso.
    Decepcionante ler isso…
    —————-
    Silvio Meira,
    PARABENS PELO ARTIGO E PUBLICACAO!!!
    Abs

  31. Oscar disse:

    Qual o motivo do artigo ser escrito c/ português tão pobre? O autor nem é adolescente (explica, mas não justifica) nem isto é um chat p/ escrever tão mal.
    Ao menos poderia iniciar parágrafos c/ maiúsculas!!

  32. Oscar disse:

    Qual o motivo do artigo ser escrito c/ português tão pobre? O autor nem é adolescente (explica, mas não justifica) nem isto é um chat p/ escrever tão mal.
    Ao menos poderia iniciar parágrafos c/ maiúsculas!!

  33. nerson da capitinga disse:

    uai sô ocêis num intenderum nadica di nada?!!

  34. nerson da capitinga disse:

    uai sô ocêis num intenderum nadica di nada?!!

  35. Adan disse:

    olhe esta reportagem

  36. Adan disse:

    olhe esta reportagem

  37. Eduardo disse:

    caio, não sou o Eduardo do início, estou aqui para te dar uma dica. Não se preocupe com estas pessoas que estão falando mal do texto, pois estes ainda estão presos aqueles conhecimentos ridículos do ensino médio, não cresceram, e o Dr. Silvio Meira também não está nem ai pra essa gentinha.

    quanto ao texto, achei muito interessante, talvés estejamos vendo o surgimento de uma nova tendência na computação. Sinceramente acho que aquele que possuir maior qualidade publicitária sairá vencendo esta futura batalha, e mais ainda, aquele que tiver melhor competência empresarial.

  38. Eduardo disse:

    caio, não sou o Eduardo do início, estou aqui para te dar uma dica. Não se preocupe com estas pessoas que estão falando mal do texto, pois estes ainda estão presos aqueles conhecimentos ridículos do ensino médio, não cresceram, e o Dr. Silvio Meira também não está nem ai pra essa gentinha.

    quanto ao texto, achei muito interessante, talvés estejamos vendo o surgimento de uma nova tendência na computação. Sinceramente acho que aquele que possuir maior qualidade publicitária sairá vencendo esta futura batalha, e mais ainda, aquele que tiver melhor competência empresarial.

  39. Ortografia disse:

    Olá, vim dizer pra você que eu existo. Obrigada. E obrigada.

  40. Ortografia disse:

    Olá, vim dizer pra você que eu existo. Obrigada. E obrigada.

  41. Popo Jobs disse:

    Lá vem os pregadores do contra o “internetês” num blog de tecnologia….

    Os leitores que chegaram agora, talvez se assutem um pouco com a escrita. A característica de um blog é emitir uma opinião, uma coisa menos formal, e mais ágil, e com isso talvez ele evite de escrever as iniciais maiúsculas.

    Velocidade e Qualidade: isso que nós precisamos em um software 😉

  42. Popo Jobs disse:

    Lá vem os pregadores do contra o “internetês” num blog de tecnologia….

    Os leitores que chegaram agora, talvez se assutem um pouco com a escrita. A característica de um blog é emitir uma opinião, uma coisa menos formal, e mais ágil, e com isso talvez ele evite de escrever as iniciais maiúsculas.

    Velocidade e Qualidade: isso que nós precisamos em um software 😉

  43. JC disse:

    7 em mathematica, 0 em Português.
    E o salário “ó”

  44. JC disse:

    7 em mathematica, 0 em Português.
    E o salário “ó”

  45. jacira disse:

    muito bom saber que mentes brilhantes possam criar esses programas

  46. jacira disse:

    muito bom saber que mentes brilhantes possam criar esses programas

  47. Jorge disse:

    Ao se preocuparem tanto com a forma, parecem que estão desdenhando o conteúdo.

    Vivam a diferença sem pré-conceitos.

  48. Jorge disse:

    Ao se preocuparem tanto com a forma, parecem que estão desdenhando o conteúdo.

    Vivam a diferença sem pré-conceitos.

  49. Bruno disse:

    Escrever (postar) mal é a nova onda da net hein? Parabéns pelo estilo crú.

  50. Bruno disse:

    Escrever (postar) mal é a nova onda da net hein? Parabéns pelo estilo crú.

  51. Tavinho Mota disse:

    como poderemos pesquisar algo no futuro se ta tudo escrito errado??

    Como fica a linguagem para as crianças que estão aprendendo a ler e escrever, dai vão na internet e ta tudo escrito errado??

    NÃO ESTOU FALANDO EM ERROS DE PORTUGUÊS, E SIM QUE ESCREVE ERRADO POR VONTADE PRÓPRIA..

    Espero a compreensão!

  52. Tavinho Mota disse:

    como poderemos pesquisar algo no futuro se ta tudo escrito errado??

    Como fica a linguagem para as crianças que estão aprendendo a ler e escrever, dai vão na internet e ta tudo escrito errado??

    NÃO ESTOU FALANDO EM ERROS DE PORTUGUÊS, E SIM QUE ESCREVE ERRADO POR VONTADE PRÓPRIA..

    Espero a compreensão!

  53. Marcel beco disse:

    Nao é a toa que O CIN (Centro de informatica) da UFPE, tem o melhor curso de ciencia da computação do brasil. Graças à esse cara, temos o porto digital, onde os aluno da federal, ja saem com contrato para trabalhar criando jogos, softwares, em grandes empresas com sony ericcson, motorola, tudo isso em Recife-PE
    Coitado dos que nao entendem a computação, ou nao a querem entender. Talvez nao saibam nem o que seja um integral

  54. Marcel beco disse:

    Nao é a toa que O CIN (Centro de informatica) da UFPE, tem o melhor curso de ciencia da computação do brasil. Graças à esse cara, temos o porto digital, onde os aluno da federal, ja saem com contrato para trabalhar criando jogos, softwares, em grandes empresas com sony ericcson, motorola, tudo isso em Recife-PE
    Coitado dos que nao entendem a computação, ou nao a querem entender. Talvez nao saibam nem o que seja um integral

  55. pedro de hollanda disse:

    O comentário do FABIANO sobre o gráfico parece pertinente.

    No mais o texto está mal redigido, talvez com algum conteúdo pertinente à área de informática mas nem essa área está acima de normas e padronizações. Logo, por que esculhambar com a linguagem, o principal veículo de propagação das idéias?

    É por essa e outras que o Brasil não progride. Desdenhamos da nossa própria língua-mãe…

  56. pedro de hollanda disse:

    O comentário do FABIANO sobre o gráfico parece pertinente.

    No mais o texto está mal redigido, talvez com algum conteúdo pertinente à área de informática mas nem essa área está acima de normas e padronizações. Logo, por que esculhambar com a linguagem, o principal veículo de propagação das idéias?

    É por essa e outras que o Brasil não progride. Desdenhamos da nossa própria língua-mãe…

  57. André Gomes disse:

    Excelente matéria!

  58. André Gomes disse:

    Excelente matéria!

  59. cris sales disse:

    É por blog’s como este que a grande maioria dos jovens hoje em dia fala “Chicrete” e “Framengo”, e niguém faz nada.

  60. cris sales disse:

    É por blog’s como este que a grande maioria dos jovens hoje em dia fala “Chicrete” e “Framengo”, e niguém faz nada.

  61. Thiago disse:

    Sabe o que é incrível? Eu tenho certeza que mais da metade das pessoas que leram a matéria não entendem do assunto. Aí se danam a meter o pau no português. Tem erros de português? Alguns. Mas por favor não tentem desqualificar uma matéria tão rica. Assim vocês soam como um bando de crianças. O mais engraçado de tudo é que pela tentativa de desqualificação da matéria até parece que vocês são mais inteligentes que o Sílvio Meira. Por favor… o cara é um gênio. E talvez se vocês tivesse a mínima noção da importância dele não perderiam tempo tentando desqualificá-lo por erros de Português. Enfim… keep trying.

  62. Thiago disse:

    Sabe o que é incrível? Eu tenho certeza que mais da metade das pessoas que leram a matéria não entendem do assunto. Aí se danam a meter o pau no português. Tem erros de português? Alguns. Mas por favor não tentem desqualificar uma matéria tão rica. Assim vocês soam como um bando de crianças. O mais engraçado de tudo é que pela tentativa de desqualificação da matéria até parece que vocês são mais inteligentes que o Sílvio Meira. Por favor… o cara é um gênio. E talvez se vocês tivesse a mínima noção da importância dele não perderiam tempo tentando desqualificá-lo por erros de Português. Enfim… keep trying.

  63. Antonia Berlotto disse:

    Silvio Meira: Vou te fazer uma pergunta e quero resposta: Há mais de um ano quem entra aqui sabe que vc escreve com minúsculas; um direito seu, cada um escreve como quiser, ninguém é obrigado a ler. Entra quem quer, lê até o final quem quer. Quem não quer, ou não entrra ou muda a página na primeira linha. Quem se move pra te escrever é movido por alguma coisa; ciúme, ódio, ressentimento… Quem entra e escreve comentário, um ano depois de vc escrever com minúsculas, é óbvio que é algum desafeto ou ex-namorada movido(a)por algo negativo, baixo, mesquinho. A pergunta, portanto, é: porque você, que tem como mediar, não nos poupa dessas mediocridades no seu ótimo, híper interessante blog. Porque eu tenho que ler aqui estas manifestações da miséria humana? Busco os comentários como complemento do debate, não há como saltá-los salvo uma linha depois – o que faço- mas, por favor, nos poupe. E responda-me.

  64. Antonia Berlotto disse:

    Silvio Meira: Vou te fazer uma pergunta e quero resposta: Há mais de um ano quem entra aqui sabe que vc escreve com minúsculas; um direito seu, cada um escreve como quiser, ninguém é obrigado a ler. Entra quem quer, lê até o final quem quer. Quem não quer, ou não entrra ou muda a página na primeira linha. Quem se move pra te escrever é movido por alguma coisa; ciúme, ódio, ressentimento… Quem entra e escreve comentário, um ano depois de vc escrever com minúsculas, é óbvio que é algum desafeto ou ex-namorada movido(a)por algo negativo, baixo, mesquinho. A pergunta, portanto, é: porque você, que tem como mediar, não nos poupa dessas mediocridades no seu ótimo, híper interessante blog. Porque eu tenho que ler aqui estas manifestações da miséria humana? Busco os comentários como complemento do debate, não há como saltá-los salvo uma linha depois – o que faço- mas, por favor, nos poupe. E responda-me.

  65. Antonia Berlotto disse:

    Silvio Meira: Por fim, mas não por último: você escreve bem. Não há erro gramatical importante no seu texto. Eles, ou elas, é que são analfabetos, ou betas, e ressentidos. Ou tidas. Repito: responda-me, e nos poupe dessa mediocridade. Isso aqui não é, ou não deveria ser, para gente imbecil. Indica pra eles, ou elas, onde tem sexo virtual -porque evidentemente eles e elas tem falta de prazer na vida real- fofoca e futebol; péssimo futebol, fofoca de futebol, porque futebol mesmo, o belo, eles e elas claramente não teem capacidade de apreender e usufruir.

  66. Antonia Berlotto disse:

    Silvio Meira: Por fim, mas não por último: você escreve bem. Não há erro gramatical importante no seu texto. Eles, ou elas, é que são analfabetos, ou betas, e ressentidos. Ou tidas. Repito: responda-me, e nos poupe dessa mediocridade. Isso aqui não é, ou não deveria ser, para gente imbecil. Indica pra eles, ou elas, onde tem sexo virtual -porque evidentemente eles e elas tem falta de prazer na vida real- fofoca e futebol; péssimo futebol, fofoca de futebol, porque futebol mesmo, o belo, eles e elas claramente não teem capacidade de apreender e usufruir.

  67. BINHO LADEIRA [NAMORADO DO BIN LADEN] disse:

    Caros críticos escribas intelectualóides de buteco de sextas-feiras, se o distinto docente escreve bem ou não, pouco importa. Acolhere as letras como quiser, Nobre Colega Vossa Excelência Sr. Ministro Professor de TI, Mister Tarcisio Meira [Galã dos bytes]. Os textos do cara são bons e, para nós, os mortos de fome por informação em forma “clipping” da área, é um achado para quem tem pouco tempo e, realmente, trabalha na área.

  68. BINHO LADEIRA [NAMORADO DO BIN LADEN] disse:

    Caros críticos escribas intelectualóides de buteco de sextas-feiras, se o distinto docente escreve bem ou não, pouco importa. Acolhere as letras como quiser, Nobre Colega Vossa Excelência Sr. Ministro Professor de TI, Mister Tarcisio Meira [Galã dos bytes]. Os textos do cara são bons e, para nós, os mortos de fome por informação em forma “clipping” da área, é um achado para quem tem pouco tempo e, realmente, trabalha na área.

  69. João Bosco disse:

    Vcs q criticam a forma do texto são patéticos! A revolução tecnológica está esfregando o focinho de vcs no chão e a vaidade não os permite perceber…A proposta do blog está sintonizada com a codificação da linguagem, com síntese, velocidade e despojamento. É um recurso metalinguístico. Daí vem um grupelho de asnos, sob clara privação de capim, reclamar daquilo que não conhece, não pode entender…como se meia-dúzia de maiúsculas fossem diminuir a distância deles de compreender o assunto comentado.
    Para aquele que ainda não entendeu, vou desenhar: SE A AUSÊNCIA DE LETRAS MAIÚSCULAS O IMPEDE DE COMPREENDER O TEXTO, DESISTA! VC SIMPLESMENTE NÃO ESTÁ ADEQUADAMENTE INSTRUÍDO PARA ASSIMILAR AS IDÉIAS EM DEBATE. TALVEZ NUNCA VENHA A ESTAR…

  70. João Bosco disse:

    Vcs q criticam a forma do texto são patéticos! A revolução tecnológica está esfregando o focinho de vcs no chão e a vaidade não os permite perceber…A proposta do blog está sintonizada com a codificação da linguagem, com síntese, velocidade e despojamento. É um recurso metalinguístico. Daí vem um grupelho de asnos, sob clara privação de capim, reclamar daquilo que não conhece, não pode entender…como se meia-dúzia de maiúsculas fossem diminuir a distância deles de compreender o assunto comentado.
    Para aquele que ainda não entendeu, vou desenhar: SE A AUSÊNCIA DE LETRAS MAIÚSCULAS O IMPEDE DE COMPREENDER O TEXTO, DESISTA! VC SIMPLESMENTE NÃO ESTÁ ADEQUADAMENTE INSTRUÍDO PARA ASSIMILAR AS IDÉIAS EM DEBATE. TALVEZ NUNCA VENHA A ESTAR…

  71. BARATAS disse:

    Acompanho a relatoria tanto do “Binho Ladeira” quanto do “João Bosco”. Neófitos imberbes em TI, vão nutrirem-se de gramíneas!
    O que importa é o conteúdo da matéria e, aos puristas, que estes vão assistir a profundidade intelectual de um “Casseta e Planeta” ou a interatividade social de um “Orkut” ou qualquer outra bosta para passar tempo!

  72. BARATAS disse:

    Acompanho a relatoria tanto do “Binho Ladeira” quanto do “João Bosco”. Neófitos imberbes em TI, vão nutrirem-se de gramíneas!
    O que importa é o conteúdo da matéria e, aos puristas, que estes vão assistir a profundidade intelectual de um “Casseta e Planeta” ou a interatividade social de um “Orkut” ou qualquer outra bosta para passar tempo!

  73. Clark disse:

    Interessante como tantas pessoas se incomodam com a escrita do Prof. Silvio Meira. Eu leio todo os artigos e entendo perfeitamente a comunicação que se quer passar. Tanto que somente quando vou ler os comentários me dou por conta de que o prof. não usa maiúsculas nem pontuação direito.
    Eu relevo totalmente essa peculiaridade dos textos do prof. Silvio em nome do benefício das leituras tão interessantes que encontro diariamente aqui!!!

  74. Clark disse:

    Interessante como tantas pessoas se incomodam com a escrita do Prof. Silvio Meira. Eu leio todo os artigos e entendo perfeitamente a comunicação que se quer passar. Tanto que somente quando vou ler os comentários me dou por conta de que o prof. não usa maiúsculas nem pontuação direito.
    Eu relevo totalmente essa peculiaridade dos textos do prof. Silvio em nome do benefício das leituras tão interessantes que encontro diariamente aqui!!!

  75. Maria Tavares disse:

    Prof. Silvio Meira,
    Estou assistindo a sua entrevista naMarilia Gabriela e fiquei interessada , quando o senhor falou sobre atenção parcial. Tenho mestrado em Educação , com foco em atenção auditiva seletiva e observo que as nossas crianças estão sem aprofundamento e sem compreensão, quando a mensagem é auditiva. Nós aprendemos sobre o mundo de início, através da nossa audição e é atraves da audição que professores e pais se fazem compreender sobre o assunto que vão debater, caso contrario seriamos todos auto didata. O meu receio é que a proxima geração seja feita de manchetes e sem aprofundamento. Nós adultos não temos problemas pela infomação do computador ser visual e motora, por já temos formação para compreendê-las. A pergunta que gostaria de fazer é a seguinte: por que o computador não usa o recurso auditivo, visual e motor concomitantemente?
    Obrigada.
    Maria

  76. Maria Tavares disse:

    Prof. Silvio Meira,
    Estou assistindo a sua entrevista naMarilia Gabriela e fiquei interessada , quando o senhor falou sobre atenção parcial. Tenho mestrado em Educação , com foco em atenção auditiva seletiva e observo que as nossas crianças estão sem aprofundamento e sem compreensão, quando a mensagem é auditiva. Nós aprendemos sobre o mundo de início, através da nossa audição e é atraves da audição que professores e pais se fazem compreender sobre o assunto que vão debater, caso contrario seriamos todos auto didata. O meu receio é que a proxima geração seja feita de manchetes e sem aprofundamento. Nós adultos não temos problemas pela infomação do computador ser visual e motora, por já temos formação para compreendê-las. A pergunta que gostaria de fazer é a seguinte: por que o computador não usa o recurso auditivo, visual e motor concomitantemente?
    Obrigada.
    Maria

  77. mario mello disse:

    Ola Sylvio Meira – Ontem assisti sua entrevista no Marilia gabriela. Qual seria a politica publica ideal para a inclusão digital? Voce nao acha que essas ações de empresas ONGs, são muito fragmentadas e funcionam como um pingo no oceano? Como seria um modelo de Politica Publica na sua opinião que envolvesse (Conectividade, Hardaware e Aprendizado) para os menos favorecidos?
    Apenas nao concordo com um ponto que vc levantou na entrevisita – sobre os possiveis “golpes” com nomes de dominios. Veja, eu tambem acompanhei o inicio dos trabalhos da Fapesp no brasil – Veja o caso CONTINENTAL (pertence a quem? Armarinhos Continental, fogões Continental ou Constutora COntinental?) Quem é o dono afinal? Claro que houveram desvios – mas lembre-se que a FAPESP (que depois virou NIC.BR) numa estranha transação – sem transparencia e sem o devido zelo pela mesma, arvora-se em “arbitrar” de quem são os dominios – ou seja – desconfia-se que o proprio NIC.Br agora se apropria dos lucros desse tipo de transação…portanto nesse aspecto – acho que vc não explicou corretamente ao telespectadores – no mais – SHOW – visite meu blog e meu twitter – abraxx – mario – curitiba-Pr.

  78. mario mello disse:

    Ola Sylvio Meira – Ontem assisti sua entrevista no Marilia gabriela. Qual seria a politica publica ideal para a inclusão digital? Voce nao acha que essas ações de empresas ONGs, são muito fragmentadas e funcionam como um pingo no oceano? Como seria um modelo de Politica Publica na sua opinião que envolvesse (Conectividade, Hardaware e Aprendizado) para os menos favorecidos?
    Apenas nao concordo com um ponto que vc levantou na entrevisita – sobre os possiveis “golpes” com nomes de dominios. Veja, eu tambem acompanhei o inicio dos trabalhos da Fapesp no brasil – Veja o caso CONTINENTAL (pertence a quem? Armarinhos Continental, fogões Continental ou Constutora COntinental?) Quem é o dono afinal? Claro que houveram desvios – mas lembre-se que a FAPESP (que depois virou NIC.BR) numa estranha transação – sem transparencia e sem o devido zelo pela mesma, arvora-se em “arbitrar” de quem são os dominios – ou seja – desconfia-se que o proprio NIC.Br agora se apropria dos lucros desse tipo de transação…portanto nesse aspecto – acho que vc não explicou corretamente ao telespectadores – no mais – SHOW – visite meu blog e meu twitter – abraxx – mario – curitiba-Pr.

  79. Victor disse:

    Assistisse ao evento, Silvio? É isso tudo mesmo o projeto do Wolfram?

    Quando vi o post no teu blog já era ontem de noite, perdi o webcast =/

  80. Victor disse:

    Assistisse ao evento, Silvio? É isso tudo mesmo o projeto do Wolfram?

    Quando vi o post no teu blog já era ontem de noite, perdi o webcast =/

  81. Victor disse:

    Ah, para quem não viu o webcast ao vivo, tem aqui no youtube:
    http://www.youtube.com/watch?v=5TIOH80Qg7Q

    E o blog do wolfram alpha:
    http://blog.wolframalpha.com/

  82. Victor disse:

    Ah, para quem não viu o webcast ao vivo, tem aqui no youtube:
    http://www.youtube.com/watch?v=5TIOH80Qg7Q

    E o blog do wolfram alpha:
    http://blog.wolframalpha.com/

  83. JOA disse:

    silvio, ficou MUITO BOM o post! virou matéria das aulas aqui de modelagem e até uma notícia no http://www.xiscanoe.org!
    isso apesar do povo ortodoxo aqui dos comentários achar que a forma sem maiúsculas é inapropriada… vá entender!

  84. JOA disse:

    silvio, ficou MUITO BOM o post! virou matéria das aulas aqui de modelagem e até uma notícia no http://www.xiscanoe.org!
    isso apesar do povo ortodoxo aqui dos comentários achar que a forma sem maiúsculas é inapropriada… vá entender!

  85. Gustavo disse:

    Nossa… que comentario do Marcel beco hein… “Nao é a toa que O CIN (Centro de informatica) da UFPE, tem o melhor curso de ciencia da computação do brasil”
    Engraçado, pra mim que os melhores fossem da unicamp, usp e ita. É… devo estar enganado (e o google tambem asuhuashuas).
    Abraços!

  86. Gustavo disse:

    Nossa… que comentario do Marcel beco hein… “Nao é a toa que O CIN (Centro de informatica) da UFPE, tem o melhor curso de ciencia da computação do brasil”
    Engraçado, pra mim que os melhores fossem da unicamp, usp e ita. É… devo estar enganado (e o google tambem asuhuashuas).
    Abraços!