MENU

Escrito por • 27/06/2010

termina a ROBOCUP: brasil chega em quarto lugar

em 新加坡 [chinês: xīnjiāpō, singapura ou cingapura], terminou a ROBOCUP 2010 e a bandeira da competição foi passada para Βυζάντιον [bizâncio, atual İstanbul] como mostra a imagem abaixo, cortesia do professor marco simões da UNEB.

passagem-da-bandeira-de-cingapura-para-istambul-1

da ásia, simões mandou seu último emeio para o blog, relatando o fim da competição:

…ao final, a equipe Bahia2D não conseguiu livrar-se da lanterna e perdeu por 3×0 para o AuA. A equipe melhorou mas um bug não diagnosticado fez com o que nosso agente técnico (coach) travasse (crash) antes do iníco da partida. Isto prejudicou muito o desempenho durante toda a competição…

como se vê, não é só no mundo do futebol de seres humanos que os técnicos entram em pane; o “coach” [veja o papel do coach da robocup aqui, por exemplo] do bahia2D capotou e detonou o time. na copa do mundo da áfrica vez por outra a gente vê coisa muito semelhante…

e simões continua…

Na Small Size, a equipe da FEI conseguiu um empate em 0x0 e perdeu os demais jogos na fase de grupos e foi eliminada nesta fase, a exemplo do que aconteceu com a equipe Bahia3D na Simulação. Na categoria Junior, nenhuma equipe brasileira esteve entre os top 3.

nossa esperança, então, era o time bahiaMR:

Na MR tivemos o melhor desempenho brasileiro. A equipe BahiaMR qualificou-se para as semifinais; após uma madrugada de trabalho intenso [ao invés de concentração, programação!…] o pessoal conseguiu ajustar as principais falhas do time e jogou a semifinal contra o RT-Lions da Alemanha de forma muito equilibrada. Após um primeiro tempo em 0x0, no segundo tempo a equipe alemã conseguiu dois gols e venceu por 2×0, numa partida de boa qualidade e muito disputada. Uma hora depois, outra excelente partida, também muito equilibrada, terminou numa vitória de 3×0 do MRL do Irã sobre o BahiaMR, decidindo o 3o Lugar. Isto deixou o BahiaMR em 4o Lugar no ranking final da competição.

Na final, outra excelente partida vencida pelo WF Wolves da Alemanha por 2×1 sobre o conterrâneo RT-Lions manteve o título na Alemanha, trocando apenas de instituição.

alemães, historicamente muito bons em automação e controle, nos dois primeiros lugares, irã em terceiro e brasil em quarto. talvez fosse bom entender o que o irã está fazendo para –mesmo isolado da maior parte da comunidade mundial de qualquer coisa- estar entre os três primeiros de uma competição mundial de robótica. mas isso é outra história.

ainda segundo marco…

Cada competição da RoboCup possui um comitê organizador (OC) e um comitê técnico (TC). O OC é responsável por organizar e garantir o sucesso de cada edição da competição. O TC lida com todas as questões técnicas de software e hardware para garantir a evolução da infra-estrutura da competição para apoiar nos objetivos globais da RoboCup Federation. Este ano eu era um dos membros do OC e o José Grimaldo era um dos membros do TC. Na eleição para os comitês de 2011, tivemos novamente brasileiros eleitos. Nossos estudantes Juliana Reichow (OC) e Fagner Pimentel (TC) foram eleitos para realizar a organização da competição Mixed Reality juntamente com os demais membros eleitos para estes comitês.

juliana e fagner estão na foto abaixo e têm uma longa e detalhada agenda para cumprir até e durante as competições de 2011 em constantinopla.

1-Juliana Reichow (OC) e Fagner Pimentel (TC)

pra terminar, marco simões faz a seguinte avaliação sobre a participação de seus liderados na robocup2010:

Minha análise final da nossa participação na RoboCup é que foi novamente muito proveitosa. Fico bastante satisfeito em ver o progresso dos meus estudantes, o aprendizado e o amadurecimento dos mesmos ao participar destas competições. Infelizmente não levamos a bandeira brasileira ao pódio este ano, mas estamos confiantes que todas as lições aprendidas ainda trarão muito orgulho para o nosso país e, o mais importante, transformarão estes jovens em grandes cientistas da computação, que poderão trazer muitas alegrias e resultados importantes ao Brasil.

Na RoboCup, todos os que têm a oportunidade de estar lá são grandes vencedores. Pela primeira vez nosso grupo de pesquisa teve um artigo aceito para o Simpósio, com apresentação oral. Apesar de termos dois professores co-autores do artigo presentes no evento, motivamos o estudante de graduação, autor principal do paper, a apresentar e ele o fez muito bem, apesar de ser a primeira vez que faria uma apresentação deste porte. A contribuição que pudemos proporcionar para a formação deste estudante foi fantástica e isto já nos recompensa bastante.

Agradeço pela cobertura que o blog e o TERRA fizeram deste evento e da nossa participação em especial; espero que a maior repercussão que a vinda dos brasileiros para Cingapura ganhou possa refletir em maior apoio público e privado para novas iniciativas desta jovem e dedicada comunidade de robótica inteligente que temos no Brasil. Tomara que nos próximos anos o BRT e equipes de todo o Brasil possam brilhar na RoboCup.

Finalizo agradecendo a todos os parceiros que tornaram possível a nossa participação na quarta RoboCup da história do BRT: Uneb, em especial ao Magnífico Reitor Lourisvaldo Valentim; aos programas PICIN/UNEB, IC/FAPESB, PIBIC/CNPq pelas bolsas de IC que viabilizam a manutenção dos nossos estudantes dedicados ao projeto; ao BiLab pelo apoio no trabalho com o hardware dos micro-robôs da Realidade Mista e à Fácil Computadores pelos investimentos de P&D feitos no nosso projeto.

 

é isso aí; grato ao marco pelo trabalho adicional de relatar esta ROBOCUP para o blog e para o TERRA.

é bom lembrar que a ROBOCUP é algo bem maior do que robôs correndo atrás de uma bolinha: em computação e qualquer outra área de engenharia, em especial em tempos de tendência mundial [como agora] de diminuição do número de estudantes interessados nas áreas de exatas e engenharias, é muito importante ter desafios e competições que capturem o imaginário popular, que mostrem a face lúdica de coisas muito complexas como autonomous agents, multiagent collaboration, strategy acquisition, real-time reasoning and planning, intelligent robotics, sensor fusion… trazendo para mais perto de todos um entendimento, mesmo que superficial e informal, do que está acontecendo e quais suas potenciais consequências.

todos os resultados da ROBOCUP 2010 estão neste link; o site da robocup2011 já está no ar e a competição rola daqui a exatos 371 dias. esperamos que muitos times brasileiros estejam lá; o blog, certamente, estará. finalmente, se você estiver querendo saber o que aconteceu até chegarmos aqui, clique, na ordem, nestes links: robocup: a outra[!] copa; o brasil na robocup 2010: 1; o brasil na robocup 2010: 2; o brasil na robocup 2010: 3; na copa, brasil detona portugal: 13 a 3 e robocup: brasil ainda tem chances na classe MR.

missão cumprida na ásia, o time da bahia volta pra casa com gás pra virar dias e noites atrás de uma melhor performance na turquia. tomara que nossa seleção de carne, osso e nervos esteja pronta pra fazer pelo menos o mesmo [e tomara, mais] que o time de robôs da bahia. saravá!

delegacao-do-brt-em-cingapura-1

Artigos relacionados

0 Responses to termina a ROBOCUP: brasil chega em quarto lugar

  1. Adolfo Neto disse:

    Muito boa a cobertura.

    Mas e essa bandeira do Bahia Futebol Clube? Isso é marketing não solicitado, é spam! 🙂

  2. José Pereira dos Anjos Junior disse:

    Grande Marcos simões!!! Meu ex chefe e professor!!! Parabéns pra você, pois tu merece!

    Só não gostei é dessa bandeira do Bahia, mas tá valendo! rsrsrs

    Abraços meu caro amigo! Sucesso pra ti!!!

  3. FRANCISCO PIMENTEL disse:

    Meu grande filho FAGNER PIMENTEL , a Petrobras , o Brasil , e o mundo hoje te admira , continui assim , vá enfrente bjs e fique com Deus. Seu Pai.