MENU

Escrito por • 11/01/2012

trânsito mata. solução? tirar os “motoristas” de lá…

a violência no trânsito é problema global, mesmo onde há acentuado declínio de acidentes por quilômetro rodado. nos EUA as fatalidades diminuiram 3% [11%, na califórnia], entre 2010 e 2009. ao comparar com 2005, o número de vítimas fatais caiu 25%, graças à melhoria das condições das estradas, viaturas mais seguras e leis mais duras sobre a segurança de motoristas e passageiros nas estradas e ruas e, em geral, de todos as pessoas, animais e coisas nas vias trafegáveis. pra se ter uma ideia da evolução relativa das coisas, o los angeles times afirma que o número de mortos por drogas e seu ecossistema, nos EUA, é maior do que os casos letais no trânsito, desde 2009.

a frota daqui tem mais de 65 milhões de automóveis, caminhões e ônibus. nos EUA, são mais de 250 milhões. em 2010, foram 32.885 mortos lá [1/3 relacionada a álcool], e nós tivemos 40.610 mortes, segundo o SIM.MS. se bem que nossos dados são pouco confiáveis; veja um estudo sobre o brasil neste link, e note a disparidade dos dados de diversas fontes oficiais. mais dados? o brasil teve 40.974 assassinatos em 2010. e dados do DNIT dão conta de 182.900 acidentes nas rodovias federais em 2010, com 317.711 veículos envolvidos, resultando em 102.896 feridos e 8.616 mortos. só nos primeiros 9 meses de 2011, em todo o país, foram 42.224 casos de morte em acidentes de trânsito e outros 165.592 de invalidez. mais um dado? os 9 anos de guerra no iraque, desde 2003, mataram 162.000 pessoas; por ano, é menos de um terço dos mortos no trânsito do brasil.

e daí? o universo é cada vez mais interligado e programável, vivemos cada vez mais em [e como parte de] fluxos de informação. nestes fluxos, usamos e usaremos redes sociais para tudo, inclusive avisar onde está a blitz, como discutimos aqui no blog, informação que deveria ser usada para entregar a chave a outro motorista. qual motorista? em muito breve, o próprio carro. os carros sem motorista de google já "dirigiram" mais de 300.000km em ruas e estradas reais, sem qualquer auxílio humano. e sem nenhum acidente. mais cedo ou mais tarde, eles e outros carros "sem motorista" vão tomar conta da minha e da sua direção. ainda bem. vai ser melhor pra todo mundo. quando a gente quiser dirigir, aluga um carro num autódromo e, depois de passar em alguns testes básicos, vai poder fazer a besteira que quiser. veja o vídeo, e o parágrafo vai parecer realidade. mesmo.

em dezembro de 2011 e janeiro de 2012, o blog publica [ao contrário da norma, aqui] bits: textos pequenos, bem mais frequentes, sobre nossa [mundana] vida digital. ao invés dos raciocínios estruturados e interligados de costume, vamos nos ater a TRÊS parágrafos, no máximo. boa leitura.

PS, maio de 2014: do original deste texto pra cá, passamos a saber muito mais sobre os carros autônomos de google, como mostra o vídeo deste link; e não é so google que está querendo tirar os motoristas da direção, como mostra este vídeo sobre o comboio inteligente da volvo. o que nos leva à pergunta, dia destes, de danah boyd: será que meus netos aprenderão a dirigir? espero que não, ela mesmo responde…

Artigos relacionados

0 Responses to trânsito mata. solução? tirar os “motoristas” de lá…

  1. LUIS RENATO ESCODRO JR disse:

    MARAVILHOSO COMO TAMBEM TEREMOS UM INTERPLETE PARA NOS COMUNICARMOS SEM FAZER CURSO E OU JA TEMOS EM PEQUENA ESCALA MAS E FANTASTICO UM VEICULO GUIADO COM TECNOLOGIA FANTASTICO MUITO BOM PORQUE A ESTATISTICA DE FALHA SERIA QUASE NENHUMA(POUCA)

  2. Carl Marqx disse:

    E isso será o supra-sumo do politicamente correto !
    Legal vai ser quando os carros se revoltarem e inspirarem no HAL9000.
    Daí quem tiver dentro de uma porcaria de computador travestido de máquina com rodas tá morto.
    Máquina dá pra fazer recall, já quem morre não tem esta chance, ser indenizado não resolve nada.

  3. Rodolfo disse:

    Silvio, vc já viu os “carros inteligentes” usados no aeroporto de Londres. Unem, além da tecnologia, um conceito de transporte público por demanda muito interessante. Não vi os custos ou a dimensão do projeto, mas, ao que me parece, a implementação seria “possível”

  4. Olá, Silvio! Também acredito (e espero) que vamos conseguir reduzir muito o absurdo número de mortos em nosso trânsito com veículos autônomos. No Brasil também temos pesquisas sobre isso (com resultados menos impressionantes que os da Google e do Thrun), mas temos bons grupos trabalhando nesse tema pelo menos em SP, MG e ES. No final de 2011 apresentei um exemplo em meu blog, onde há um vídeo do carro autônomo que está sendo desenvolvido por um professor do IFES:
    http://nossosrobos.blogspot.com/2011/11/uma-volta-num-veiculo-autonomo.html
    Parabéns pelo assunto e pelos mini-posts! Gostei deste formato! 🙂

  5. Cida disse:

    Vamos também retirar os pilotos dos aviões, os maquinistas dos trens, os capitães dos navios, tudo vai ser operado por computador, até sua mente, e quando ocorrer uma falha a culpa vai ser de quem? não é o homem que fabricas as máquinas?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  6. Gustavo disse:

    Imagina os algoritmos que vão ter que criar pra fazer esses carros andarem nos buracos de Pernambuco…

  7. Lucas Veras disse:

    Imagina o que a saúde publica poderia fazer com todo o dinheiro economizado devido a redução de acidentes.

  8. Escatopholes disse:

    A PRF não irá aceitar essa solução, afinal os acidentes é que fazem o marketing da instituição. É graças aos acidentes que os sargentões com o peito espetado de medalhas passam o dia dando longas, intermináveis e ôcas entrevistas nos meios de comunicação.

  9. Iverson P. disse:

    Silvio, já viu a série Robocars?

    Mostra a competição da DARPA sobre carros autônomos. É impressionante como isso já está bem desenvolvido.

  10. Andressa disse:

    Adorei seu blog.Ótimo conteúdo!

  11. WAGNER disse:

    SILVIO SE EM NOSSO VEICULOS, NÃO TIVERMOS MOTORISTA….. TERMOS UMA QUEBRADEIRA EM GERAL…kkkkkk, POIS NÃO TEREMOS , MULTAS, POLUIÇÃO SONORA,SON ALTOS, POLUIÇÃO SONORA, NÃO TEREMOS ACIDENTE NO TRANSITO ( SERVIÇOS PARA SAMU, RESGATE, ETC. AS INDUSTRIAS DA MULTAS..???EMPRESA PARA INSTALAR PARDAIS, AVANÇO DE SINAIS , FLANELINHAS, VEICULOS AMASSADOS, ROUBOS ETC..

  12. Luciano disse:

    Afinal, computadores não travam, não erram e não apresentam qualquer tipo de problema. Pense, prezado, que se algum hacker resolver tomar o controle de um carro, danou-se tudo. E possível, como você sabe, é.

    Aliás, sim, os carros do Google se acidentam:

    http://jalopnik.com/5828101/this-is-googles-first-self+driving-car-crash

    O Google jura que o erro foi humano. E eu, sinceramente, duvido.

  13. Eduardo L disse:

    O mundo vai ser bom quando tirarem esses escritores medíocres da Web e pararem de escrever.
    Se o trânsito mata é por má educação, falta de infra-estrutura nas estradas, DETRANs e IPVAs que são pagos e nunca retornam o dinheiro, montadoras de carros e concessionárias inundadas de impostos que nos vendem carros de 3º linha e modelos antigos por um preço de lançamento abusivo.
    Isso que mata pessoas, além de ler Textos de Escritores Medíocres

  14. Romano disse:

    Antes do “software” dêem uma checada no “hardware”:

    “GM recalls some 2012 Chevy Sonic for missing brake pads!”
    http://www.aveoforum.com/forum/f113/gm-recalls-some-2012-chevy-sonic-missing-brake-pads-12855/
    03-01-2012, 07:59 PM

    “GM is recalling 4,296 Chevrolet Sonics (2012) which may be missing the front brake (inner or outer) pads.”

    •Vehicle Make / Model:

    Model Year(s):
    • CHEVROLET / SONIC 2012
    •NHTSA Campaign ID Number: 11V599000

    •Summary:
    GENERAL MOTORS (GM) IS RECALLING CERTAIN MODEL YEAR 2012 CHEVROLET SONIC VEHICLES MANUFACTURED FROM JUNE 2, 2011, THROUGH NOVEMBER 21, 2011. ON SOME OF THESE VEHICLES, THE FRONT BRAKE INNER OR OUTER PAD MAY BE MISSING.

    •Consequence:
    A MISSING PAD COULD RESULT IN REDUCED BRAKE SYSTEM PERFORMANCE, INCREASING THE RISK OF A CRASH.

    •Remedy:
    GM WILL NOTIFY OWNERS, AND DEALERS WILL INSPECT THE FRONT BRAKES FOR A MISSING INNER OR OUTER PAD. IF A BRAKE PAD IS MISSING, DEALERS WILL INSTALL NEW INNER AND OUTER PADS, A NEW BRAKE CALIPER, AND A NEW ROTOR. THIS SERVICE WILL BE PERFORMED FREE OF CHARGE. THE SAFETY RECALL IS EXPECTED TO BEGIN ON OR BEFORE JANUARY 14, 2012

    •Notes:
    GM’S SAFETY RECALL CAMPAIGN NUMBER IS 11354. OWNERS MAY ALSO CONTACT THE NATIONAL HIGHWAY TRAFFIC SAFETY ADMINISTRATION’S VEHICLE SAFETY HOTLINE AT 1-888-327-4236 (TTY 1-800-424-9153), OR GO TO http://WWW.SAFERCAR.GOV .

  15. toninho disse:

    imaginem só o desemprego de motoristas, instrutor de autoescola,
    e quebradeira de empresas da industria de multas, taxistas e outros mais

  16. Roger disse:

    Afff. Mas que confusão matemática o “jornalista” pautou nessa matéria.
    Dá para melhorar a redação ou saiu do Enem.
    Se é para escrever um portal de notícias que o faça minimamente bem.
    Da forma como está redigido fico cá imaginando o embaralhamento mental de quem escreve.
    Por favor !!!!

  17. luizdias disse:

    Como o senhor sugere que os veiculos trafeguem sem motoristas, então o senhor também deve achar que também trafeguem sem passageiros não é?
    Ah! pra que veiculos, trens,aviões,navios,caminhões ,não é ,causam tantos acidentes, vamos voltar as carroças,não é Ah! com um detalhe, não pode ter humano conduzindo não é senhor/

  18. Motorista disse:

    Ok, carros que dispensam aquela ‘pecinha’ que costuma ‘falhar’ e que fica entre o assento e a direção… Ótimo, seguimos rápido para um mundo ‘automatizado’ ao máximo, só me restam duas dúvidas: 1. Onde fica o prazer de dirigir? 2. Quando a ‘nova pecinha’ que estiver encarregada de ‘conduzir’ os carros, no lugar dos imperfeitos seres humanos, resolver ‘travar’, (como faz, às vezes, esta aqui, que estou ‘pilotando’ agora) no meio do fluxo, o que a gente faz? “Ctr+Alt+Del”???

  19. Dulce Maria disse:

    Tecnologia, tecnologia….sempre tecnologia pra resolver problemas de gestão pública eficiente para mobilidade, senso de civilidade e direção responsiva…será Silvio??

  20. don cicio disse:

    IDEIA DE JIRICO

  21. Ramos disse:

    Não tenho dúvida que isso ocorrerá em breve. Mas enquanto houver o fator humano, teremos muitas variáveis influentes. E se esse fator humano for brasileiro, as variáveis serão bem mais interessantes. É aquele jeito de levar vantangem em tudo, de dar um jeitinho, de burlar aqui e ali, como forma de expressar uma inteligência às avessas (astúcia) que cultivamos em todos os níveis sócio culturais. Não sei se isso é um problema ou uma solução! Ou ainda um diferencial!

  22. Tony Silva disse:

    Não seria melhor se fossem, cada vez mais, MOTORISTAS SEM CARRO?
    A fabricação contínua e desenfreada de automóveis nos levará um dia ao caos total. Faltará espaço, e principalmente COMBUSTÍVEL, para movê-los todos, por mais que sejam criadas novas formas de propulsão, a não ser que desenvolvam um tipo de motor movido a água salgada, que temos em abundância aqui no Planeta Terra.
    A indústria automobilística, no primeiro momento foi uma solução. Hoje virou um monstro fora de controle, que me faz lembrar do célebre desenho animado da Disney, o Aprendiz de Feiticeiro, estrelado por Mickey Mouse.

  23. Romano disse:

    Carros “sociais”?

    ” ‘Augmented-reality’ windshields and the future of driving”
    By Brandon Griggs, CNN
    January 13, 2012 — Updated 1516 GMT

    http://edition.cnn.com/2012/01/13/tech/innovation/ces-future-driving/index.html?hpt=hp_bn9