MENU

Escrito por • 07/04/2009

vida+artificial = besouro-cyborg

pegue um besouro, daqueles dos quais se diz que todas as leis da aerodinâmica garantem que não deveria voar de jeito nenhum, mas que voa. junte algum hardware, software, imaginação, financiamento da principal agência americana de projetos de defesa e você tem… um besouro cyborg controlado por rádio como o da figura. cada besouro sofreu um implante que contém um receptor, um microcontrolador, microbaterias e seis eletrodos, conectados no cérebro. o rádio captura os comandos enviados por um operador remoto, os comandos são processados pelo computador instalado no besouro, que finalmente os envia aos implantes instalados em partes apropriadas do cérebro do besouro, "controlando" o inseto. os operadores podem fazer o besouro levantar vôo, fazer curvas e pousar. os besouros maiores podem ser vetores de cargas úteis como microcâmeras.

o objetivo atual é controlar um besouro num raio de cem metros, fazendo com que o inseto possa servir para missões de observação. a se acreditar nos mais alarmados, o pentágono pode estar pensando em usar tais tipos de soldados para transportar armas reais, como microcápsulas de agentes bioquímicos. e não vai adiantar usar repelente, nestes casos.

entre 1965 e 2005, a capacidade computacional, pelo mesmo preço, aumentou um bilhão de vezes, com o tamanho dos sistemas de referência diminuindo 100.000 vezes no período. o que só era possível, então, em um gigantesco computador de pesquisa, passou a ser realizável, quarenta anos depois, em um mero celular. e a capacidade computacional, novamente pelo mesmo preço, estará aumentando outro bilhão de vezes entre 2005 e 2030; se levamos 40 anos para aquele primeiro aumento de um bilhão de vezes, levaremos apenas 25 para outra escalada do mesmo porte. as coisas estão ficando muito mais rápidas.

 

agora pense: se estão conseguindo controlar um besouro por rádio, hoje, transformando o inseto em um avião de controle remoto, porque não seria possível, no curto prazo, criar um besouro-cyborg verdadeiramente autômo, capaz de cumprir missões de guerra e paz sem interferência externa, a não ser receber as ordens a seguir?… e se lembre que, apesar do ciclo de vida dos insetos, hoje, ser muito curto, isso não é nada que não se possa resolver reprogramando a biologia dos bichos. admirável mundo novo…

Artigos relacionados

0 Responses to vida+artificial = besouro-cyborg

  1. Rafael Fonseca disse:

    Incrível!

    Para quem também ficou curioso em ver o besouro em ação: http://www.youtube.com/watch?v=hFguLwUT5lg 🙂

    Abraços.

  2. Rafael Fonseca disse:

    Incrível!

    Para quem também ficou curioso em ver o besouro em ação: http://www.youtube.com/watch?v=hFguLwUT5lg 🙂

    Abraços.

  3. Olá Silvio,
    Tudo bom?

    Me chamo Leandra Vianna e faço parte do Marketing do grupo DevMedia, não sei se você conhece. Atualmente somos editores de 6 revistas sobre desenvolvimento de software, entre elas a Java Magazine, Engenharia de Software Magazine, SQL Magazine, .NET Magazine, WebMobile e Clubedelphi, além do site http://www.devmedia.com.br.

    Nos dias 22 e 23 de maio estaremos realizando, em São Paulo, a Engenharia de Software Conference, que tenho certeza que tem tudo a ver com o seu blog e seu público. Por isso estou passando este e-mail, na tentativa de fecharmos algum tipo de parceria de divulgação.

    Com caráter independente e inovador, a Engenharia de Software Conference não tem o patrocínio de nenhuma das empresas fabricantes de softwares, o que garantirá a imparcialidade total, apresentando análise comparatória dos mais variados softwares do mercado. O evento pretende garantir aos profissionais da àrea excelentes oportunidades de aprendizado e network.

    As explanações vão desde o projeto até os últimos testes de um software, passando pelos diversos conceitos de gerenciamento. Serão 40 horas de conteúdo, distribuídas em 30 palestras. O evento conta com a presença de palestrantes renomados, como Ana Regina Rocha, que será a keynote da conferência. Ela foi uma das idealizadoras do Modelo Mps.Br (Melhoria de Processos do Software Brasileiro), além de ser implementadora e avaliadora credenciada pela SOFTEX e membro do grupo de pesquisa em Engenharia de Software da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

    Posso oferecer, por exemplo, 10 assinaturas digitais das revistas Engenharia de Software para você sortear entre os visitantes do blog. Em troca você divulgaria o evento através de um banner no blog ou de uma notícia sobre o evento publicada nele ( que eu lhe enviaria para postar) .

    Mais informações sobre o evento: http://www.devmedia.com.br/es_conference

    Gostaria muito de poder contar com sua ajuda para a divulgação.

    Fico aguardando sua resposta.

    Grande abraço,

    Leandra Vianna
    Assistente de Marketing
    DevMedia
    leandra_vianna@devmedia.com.br
    (21) 3382-5021
    http://www.devmedia.com.br

  4. LOL disse:

    Olá, vim dizer pra você que eu existo. Obrigada. E obrigada.

  5. Myself disse:

    VEJA..TIVE UMA IDEIA Q PARECEU SER BEM INTERESSANTE:
    PQ VCS NAO ENFIAM ESSA PORCARIA DE IMPLANTE NO RABO E DEIXAM O BESOURO EM PAZ?
    JA IMAGINOU?

  6. Paulo Henrique Ramos Alberto disse:

    Legal seria pedir para o besouro escolher alguém e colocar um chip desse na testa, e dar o controle remoto na mão do besouro.

    Paulo Henrique Ramos Alberto