por Silvio Meira

plus: o faceBook de google?

p

ninguém precisa ser "especialista" para prever que orkut, a velha rede social de google, estava fadada a desaparecer. de qualquer forma, o blog disse exatamente isso, tempos atrás, e a opinião rolou em links variados dias atrás.

ontem, google [dono de orkut] anunciou google+ [pronuncie google plus; não se sabe se vai rolar um google mais, em português] a alternativa de google, parecedíssima com facebook… a facebook. xkcd não teve pena:

image

google está tomando todos os cuidados do mundo para lançar a coisa, depois dos fracassos retumbantes de buzz e wave; só rola por convite, ninguém sabe se e quando vai ser liberado pra geral e se e como vai evoluir.

sábias decisões de partida. até porque, cada vez mais, é a comunidade [às vezes, a comunidade potencial] que decide o que um serviço tem que ser, ao invés de seu designer ou provedor. e gato escaldado…

a cara do google+ [ a minha, ou do meu avatar, pelo menos…] é…

image

um bom sumário do que google+ vai tentar fazer, em relação a faceBook, é criar uma plataforma de rede social onde cada usuário tenha bem mais controle do que compartilha e, ao mesmo tempo, mais liberdade de ação. e, no topo disso, consiga integrar sua rede social aos serviços já oferecidos por google na web. o alvo são os pontos fracos de faceBook [e buzz… só que lá dentro, num tab, tem buzz!].

quem já está em google+ [e tinha conta no orkut] parece estar achando o serviço mais interessante e estável do que a "velha" rede social de google. ninguém sabe se isso será suficiente para estancar a sangria de brasileiros do orkut para facebok, na intensidade em que vem acontecendo nos últimos meses. muito menos se vai atrair gente, noutras geografias, para viabilizar o esforço.

como ninguém ignora, competir efetivamente com faceBook tem muito mais a ver com a estratégia [global] de negócios [sociais] de google para google+ e sua percepção [e captura de valor] pelos usuários em potencial do que com funcionalidades, interfaces e, de resto, qualquer pirotecnia tecnológica. vamos ter que esperar para ver.

se você está fora, saiba que quem está dentro não tem como lhe convidar agora. o sistema de convites ficou sobrecarregado e saiu do ar. bom sinal.

assumindo que orkut já era, agora é esperar pela transição, no brasil, de orkut pra google+. segundo a empresa

"…como o Orkut é a rede social número um do Brasil e tem sido muito bem sucedido, nosso objetivo é estender os novos recursos do Google+ para os usuários do Orkut conforme eles se tornam disponíveis…"

é só esperar que, se tudo der certo, mais hora menos hora orkut vai estar igualzinho a google+ e, tomara, tudo o que você compartilhou, em orkut, vai migrar para google+ sem nenhum trabalho adicional de sua parte.

ok, confesso: não foi isso que eles escreveram; mas era exatamente isso que todos os usuários de orkut gostariam de ter lido. se vai rolar ou não… aí são outros quinhentos. só o futuro dirá.

o futuro também vai dizer se google+ vai servir de plataforma para aplicações sociais da mesma forma que faceBook está se tornando. a "máquina de zuckerberg" parece, cada dia mais, um engenho social universal sobre o qual se pode escrever qualquer aplicação intensiva em conectividade para interação, aí incluídas redes sociais como branchOut, um "linkedIn dentro de faceBook".

image

se era tarde para descartar orkut na competição pelos mercados sociais, talvez fosse cedo demais para tirar google da corrida, que talvez tenha começado agora; tomara. sempre que há competição efetiva e se evita monopólios, somos nós, usuários que ganhamos…

Sobre o autor

Silvio Meira

silvio meira é cientista-chefe da TDS.company, professor extraordinário da CESAR.school e presidente do conselho do portodigital.org

por Silvio Meira
por Silvio Meira

Pela Rede

silvio meira é PROFESSOR EXTRAORDINÁRIO da cesar.school, PROFESSOR EMÉRITO do CENTRO DE INFORMÁTICA da UFPE, RECIFE e CIENTISTA-CHEFE, The Digital Strategy Company. é fundador e presidente do conselho de administração do PORTO DIGITAL. silvio é professor titular aposentado do centro de informática da ufpe, fundou [em 1996] e foi cientista-chefe do C.E.S.A.R, centro de estudos e sistemas avançados do recife até 2014. foi fellow e faculty associate do berkman center, harvard university, de 2012 a 2015 e professor associado da escola de direito da FGV-RIO, de 2014 a 2017.

Silvio no Twitter

Arquivo